Abrir menu principal

Artabano da Pérsia

Artabano ou Artabanes da Hircânia (em grego: Ἀρταβάνης; transl.: Artavánis; em latim: Artabanus; do armênio antigo Artawan), mais conhecido como Artabano da Pérsia foi um político, militar e nobre persa que serviu os imperadores Aquemênidas Dario I e Xerxes I. Foi ministro de guerra do imperador Xerxes I durante as Guerras Médicas e a batalha de Maratona.

BiografiaEditar

 Ver artigo principal: Guerras médicas
 
Xerxes I, imperador da Pérsia e faraó do Egito, teria sido, segundo historiadores assassinado por Artabano.

Artabano nasceu na Hircânia que pertencia ao império Aquemênida, ele foi um dos nobres que serviu o imperador Dario como militar e político até sua morte, De acordo com Aristóteles, Artabano foi responsável pela morte do príncipe herdeiro Dario que era filho de Dario I, Xerxes que não era o filho mais velho de Dario assumiu o trono de seu pai e conquistou o título de faraó do Egito, eles lutaram juntos contra os gregos nas guerras médica, lutaram contra Leônidas de Esparta em Termópilas, Xerxes obteve a vitória porem foi derrotado pelos gregos mais tarde, acredita-se que Artabano teria assassinado Xerxes em 466 ou 465 a.c., após o assassinato de Xerxes, Artabano foi durante um pequeno período regente do jovem imperador Artaxerxes I, que só assumiu o trono persa em 464 a.c..[1]

Referências

  1. Huart, Clement (2013). Ancient Persia and Iranian Civilization. Abingdon, RU: Routledge. p. 64. ISBN 0-415-15590-8 

Leitura adicionalEditar

  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.