Abrir menu principal
Artur Bodanzky
Nascimento 16 de dezembro de 1877
Viena
Morte 23 de novembro de 1939 (61 anos)
Nova Iorque
Sepultamento Cemitério de Sleepy Hollow
Cidadania Estados Unidos, Áustria
Irmão(s) Robert Bodanzky
Ocupação maestro

Artur Bodanzky (Viena, 16 de dezembro de 1877Nova Iorque, 23 de novembro de 1939) foi um maestro austríaco, particularmente associado com as óperas de Wagner.

CarreiraEditar

O filho de judeus, Bodanzky estudou violino e composição com Alexander Zamlisnky.[1] Bodanzky tornou maestro assistente de Gustav Mahler em Viena, posteriromente conseguindo trabalho em Berlim, onde ele conheceu Otto Klemperer. Em 1915 ele imigrou para os Estados Unidos para trabalhar no Metropolitan Opera. Ele foi o cabeça do repertório alemão no Met, sendo aceito por Arturo Toscanini graças a recomendações de Ferruccio Busoni.[2] Em 1921 ele foi trabalhar com a Filarmônica de Nova Iorque como maestro convidado. Em 1928 Bodanzky anunciou sua retirada do Met e foi substituído por Joseph Rosenstock. Entretanto, Joseph não foi bem aceito e Bodanzky retornou para o Met, onde permaneceu até sua morte. Ele também conduziu no Covent Garden em 1936 com Thomas Beecham.

Sepultado no Cemitério de Sleepy Hollow.

Referências

  1. Beaumont, Anthony (2000). Zemlinsky. Ithaca, NY: Cornell University Press. p. 28. ISBN 0-8014-3803-9 
  2. Horowitz, Joseph (2005). Classical Music in America: A History of Its Rise and Fall. New York, NY: W. W. Norton and Company. p. 367. ISBN 0-393-05717-8