Abrir menu principal

Zhongguo de hao nü ren men

(Redirecionado de As Boas Mulheres da China)
Zhongguo de hao nü ren men
Mulheres da China (PT)
As boas mulheres da China (BR)
Autor(es) Xinran
Idioma chinês
País  China
Edição brasileira
Tradução Manoel Paulo Ferreira
Editora Companhia das Letras
Lançamento 2003
Páginas 281
ISBN 8535903267

Zhongguo de hao nü ren men (em chinês: 中国的好女人们; lançado no Brasil como As boas mulheres da China[1], no Brasil, e em Portugal como Mulheres da China) é o título do livro de estreia da jornalista chinesa Xinran. A autora foi apresentadora de um programa de rádio em Nanquim entre 1989 e 1997, denominado "Palavras na brisa noturna". Nele, discutia aspectos do cotidiano e dava conselhos aos ouvintes[2].

Fez tanto sucesso que começou a receber inúmeras cartas de mulheres, contando os dramas pessoais. Xinran reuniu, nessa obra, algumas das histórias que chegaram ao conhecimento a partir daquelas correspondências. São narrativas contundentes e chocantes a respeito da condição feminina na China, sob o regime socialista em época de Revolução Cultural, do presidente Mao Tse Tung, para um reafirmamento das ideias marxistas. Trata-se do primeiro livro da autora, que é, atualmente, professora na Universidade de Londres.

AdaptaçãoEditar

Em 2009, o livro foi adaptado para o teatro por Fábio Porchat, intitulado "Palavras na brisa noturna"[3] e estrelado pelas atrizes Patrícia Vazquez, Cristina Rudolph, Pollyanna Rocha, Fernanda Maia e Regina Gutman. A peça de teatro foi livremente inspirada em cinco relatos do livro, transformados em cinco monólogos sobre os dramas das mulheres do século XX. Cada monólogo foi apresentado por uma atriz diferente e abordou temas como violência, conflitos pessoais, sexualidade, opressão, dentre outros sentimentos e situações[4].

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Companhia das Letras». Consultado em 10 de outubro de 2019 
  2. Auer, Heloise (15 de setembro de 2018). «'As Boas Mulheres da China': a Revolução Cultural chinesa vista pelos olhos das mulheres». A Escotilha. Consultado em 10 de outubro de 2019 
  3. «Fábio Porchat assina direção do drama 'Palavras na Brisa Noturna'». Rede Globo. 3 de outubro de 2012. Consultado em 4 de novembro de 2019 
  4. «Palavras na Brisa Noturna, um drama de mulheres». Bem Paraná. 5 de março de 2010. Consultado em 4 de novembro de 2019 
  Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.