Asplenia

Asplenia
O mal funcionamento do baço causa problemas vasculares e imunológicos.
Especialidade genética médica
Classificação e recursos externos
CID-10 D73.0, Q89.0
CID-9 289.59, 759.01
OMIM 208530 %271400 208540
eMedicine ped/150 radio/58
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

Asplenia (do latim a+splen+ia, sem baço[1]) refere-se à não existência do baço e está associada com riscos de infecção graves. Assim, é mais grave que o hipoesplenismo que se refere a um funcionamento reduzido/insatisfatório do baço.

Está normalmente associada a alterações cardíacas congénitas, o que reflete o desenvolvimento embrionário simultâneo do coração e do baço.

CausasEditar

A asplenia pode ter diversas causas:


O hipoesplenismo/hipoesplenia, é o mau funcionamento/não funcionamento do baço;

O hipoesplenismo é uma consequência da asplenia (pois o baço não está presente), mas pode ter também outras causas:

Sinas e sintomasEditar

O baço está envolvida na produção de anticorpos humorais, na maturação de linfócitos B, na remoção de partículas não desejadas (como bactérias) e também atuando como um reservatório para as células do sangue, especialmente leucócitos e plaquetas. Logo o mal funcionamento gera problemas no fluxo sanguíneo, levando a má alimentação das células, e imunológicos, deixando o organismo vulnerável a diversos tipos de infecções.[2]

Referências