Abrir menu principal

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) é uma associação, sem fins lucrativos, brasileira. Fundada em 17 de agosto de 1979 a Associação Nacional de Jornais tem por objetivo defender a liberdade de expressão, do pensamento, da propaganda e o funcionamento irrestrito da imprensa, sempre observando os princípios da responsabilidade.[1]

A Associação Nacional de Jornais conta em 2019 com 97 empresas jornalísticas associadas e duas empresas colaboradoras.[2]

Índice

Objetivos segundo estatutoEditar

  1. Manter sua independência.[3]
  2. Sustentar a liberdade de expressão, o funcionamento sem restrições à imprensa e o livre exercício da profissão.[3]
  3. Apurar e publicar a verdade dos fatos de interesse público, não admitindo que sobre eles prevaleçam quaisquer interesses.[3]
  4. Defender os direitos do ser humano, os valores da democracia representativa e a livre iniciativa.[3]
  5. Assegurar o acesso de seus leitores às diferentes versões dos fatos e às diversas tendências de opinião da sociedade.[3]
  6. Garantir a publicação de contestações objetivas das pessoas ou organizações acusadas, em suas páginas, de atos ilícitos ou comportamentos condenáveis.[3]
  7. Preservar o sigilo de suas fontes.[3]
  8. Respeitar o direito de cada indivíduo à sua privacidade, salvo quando esse direito constituir obstáculo à informação de interesse público.[3]
  9. Diferenciar, de forma identificável pelo leitor, material editorial e material publicitário.[3]
  10. Corrigir erros que tenham sido cometidos em suas edições.[3]

PresidênciaEditar

Biênio Presidente[4] Instituição
1990 - 1992 Pedro Pinciroli Júnior Folha de S.Paulo
2010 - 2012 Judith Brito Folha de S. Paulo
2012 - 2014 Carlos Fernando M. Lindenberg Neto A Gazeta
2016-2018 Marcelo Reich Grupo RBS
2019-2020 (reeleito)[5] Marcelo Reich Grupo RBS

Instituições as quais faz parteEditar

PrêmioEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. Jailton de Carvalho (18 de agosto de 2016). «Novo presidente da ANJ diz que jornais estão se tornando mais relevantes». O Globo. Rede Globo. Consultado em 30 de junho de 2019 
  2. «Jornais Participantes». ANJ. Consultado em 30 de junho de 2019 
  3. a b c d e f g h i j «Código de Ética da Associação Nacional de Jornais (ANJ)». O Povo (jornal de Fortaleza). 7 de fevereiro de 2012. Consultado em 1 de julho de 2019 
  4. Ricardo. «Presidentes». ANJ. Consultado em 30 de junho de 2019 
  5. «Marcelo Rech é reeleito presidente da Associação Nacional de Jornais». Grupo RBS. Consultado em 30 de junho de 2019 
  6. «ANJ premiaAssociação Mundial de Jornais - Política - Estadão». Estadão. 15 de agosto de 2018. Consultado em 1 de julho de 2019 
  7. Agência Estado (31 de outubro de 2001). «ANJ recebe Prêmio Unesco 2001 - Política». Estadão. Consultado em 1 de julho de 2019 

Ligações externasEditar