Assumar

freguesia do município de Monforte, Portugal

Assumar é uma freguesia portuguesa do município de Monforte, com 63,68 km² de área[1] e 614 habitantes (censo de 2021)[2]. A sua densidade populacional é 9,6 hab./km².

Portugal Portugal Assumar 
  Freguesia  
Símbolos
Brasão de armas de Assumar
Brasão de armas
Localização
Assumar está localizado em: Portugal Continental
Assumar
Localização de Assumar em Portugal
Coordenadas 39° 08' 33" N 7° 23' 34" O
Região Alentejo
Sub-região Alto Alentejo
Província Alto Alentejo
Distrito Portalegre
Município Monforte
Código 121101
Administração
Tipo Junta de freguesia
Características geográficas
Área total 63,68 km²
População total (2021) 614 hab.
Densidade 9,6 hab./km²
Outras informações
Orago Nossa Senhora dos Milagres
Localização no município de Monforte

Demografia

editar

A população registada nos censos foi:[2]

População da freguesia de Assumar[3]
AnoPop.±%
1864 1 019—    
1878 1 093+7.3%
1890 1 080−1.2%
1900 1 113+3.1%
1911 1 261+13.3%
1920 1 300+3.1%
1930 1 488+14.5%
1940 1 744+17.2%
1950 1 713−1.8%
1960 1 468−14.3%
1970 938−36.1%
1981 835−11.0%
1991 680−18.6%
2001 687+1.0%
2011 651−5.2%
2021 614−5.7%
Distribuição da População por Grupos Etários[4]
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 84 76 344 183
2011 91 71 311 178
2021 79 76 281 178

História

editar

Era vila e freguesia de Nossa Senhora da Graça da província do Alentejo, concelho de Monforte, hoje comarca e distrito de Portalegre, na província da Beira, dentro do arcebispado de Évora. Vila que ganhou aos mouros Paio Guterres, o «Almeidão» - sob D. Sancho I de Portugal. Fica num platô entre Alegrete e Monforte, à margem direita do rio Caia. Povoação muito antiga, cercada por muralhas desde 1332: teve castelo, quando era senhorio do rei D. Afonso, filho de D. Dinis. Em 1701 os castelhanos estragaram as muralhas, minando-as, mas logo foram reparadas. Tem Misericórdia, hospital e escolas. Foi primeiro conde de Assumar D. Pedro de Almeida, que casou com a filha do primeiro conde da Torre.

Foi vila e sede de concelho entre 1288 e 1836. Era composto apenas pela freguesia da vila.

Património

editar

Personalidades ilustres

editar

Referências

  1. «Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2013». descarrega ficheiro zip/Excel. IGP Instituto Geográfico Português. Consultado em 10 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 9 de dezembro de 2013 
  2. a b Instituto Nacional de Estatística (23 de novembro de 2022). «Censos 2021 - resultados definitivos» 
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  4. INE. «Censos 2011». Consultado em 11 de dezembro de 2022 
  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.