Astolfo Dutra Nicácio

Astolfo Dutra Nicácio (Santa Rita de Meia Pataca, 17 de dezembro de 1864Cataguases, 23 de maio de 1920) foi um advogado e político brasileiro.

Astolfo Dutra Nicácio
10° e 12° Presidente da Câmara dos Deputados do Brasil
Período 25 de novembro de 1914
até 6 de julho de 1917
Antecessor(a) Sabino Barroso
Sucessor(a) Sabino Barroso
Período 6 de julho de 1919
até 1 de maio de 1920
Antecessor(a) Sabino Barroso
Sucessor(a) Júlio Bueno Brandão
Dados pessoais
Nascimento 17 de dezembro de 1864
Santa Rita de Meia Pataca
Morte 23 de maio de 1920 (55 anos)
Cataguases
Profissão advogado

BiografiaEditar

Filho do coronel Pedro Dutra Nicácio e de Raquel Dutra Vieira de Rezende. Formado pela Faculdade de Direito de São Paulo em 1888, exerceu a advocacia em sua cidade natal e de 1890 a 1891 foi juiz municipal daquela mesma cidade.

Na política, foi eleito vereador, agente executivo e presidente da Câmara Municipal de Cataguases. Em 1900, elegeu-se deputado estadual de Minas Gerais, chegando a ser presidente da Assembleia Legislativa estadual. Em 1904 foi eleito deputado federal pelo seu Estado, tendo sido reeleito em várias legislaturas. Tornou-se presidente da Câmara dos Deputados, presidindo por duas vezes, de novembro de 1914 a julho de 1917 e de julho de 1919 a maio de 1920.

Em sua homenagem foram batizados com o seu nome o município mineiro de Astolfo Dutra, uma escola estadual e também um dos principais logradouros da cidade vizinha de Cataguases.

Ligações externasEditar

Precedido por
Sabino Alves Barroso Júnior
Presidente da Câmara dos Deputados
1914 — 1917
Sucedido por
Sabino Alves Barroso Júnior
Precedido por
Sabino Alves Barroso Júnior
Presidente da Câmara dos Deputados
1919 — 1920
Sucedido por
Júlio Bueno Brandão
  Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.