Abrir menu principal

Astronomia islâmica

Na história da astronomia, a astronomia islâmica ou astronomia árabe refere-se aos desenvolvimentos na astronomia realizadas no mundo islâmico, particularmente durante a Idade de Ouro Islâmica, e escritas em sua maior parte em árabe. Estes desenvolvimentos ocorreram primariamente no Oriente Médio, na Ásia Central, em Al-Andalus e no Norte da África, e posteriormente, na China e na Índia. Paralela aos desenvolvimentos realizados em outras áreas da ciência islâmica, quanto à assimilação de material estrangeiro.[1] Estes desenvolvimentos foram significantes no desenvolvimento nas astronomias indiana,[2] bizantina,[3] europeias,[4] chinesas,[5] e maliana.[6][7]

Referências

  1. Gingerich, Owen (abril 1986). «Islamic astronomy» 10 ed. Scientific American. 254: 74. Consultado em 18 de maio de 2008 
  2. Sharma, Virendra Nath (1995). Sawai Jai Singh and His Astronomy. [S.l.]: Motilal Banarsidass Publ. pp. 8–10. ISBN 8120812565 
  3. Joseph Leichter (27 de junho de 2009). «The Zij as-Sanjari of Gregory Chioniades». Internet Archive. Consultado em 2 de outubro de 2009 
  4. Saliba, George (Outono 1999). «Seeking the Origins of Modern Science?». BRIIFS 2 ed. Consultado em 25 de janeiro de 2008 
  5. van Dalen, Benno (2002). «Islamic Astronomical Tables in China: The Sources for Huihui li». In: Ansari, S. M. Razaullah. History of Oriental Astronomy. [S.l.]: Springer Science+Business Media. pp. 19–32. ISBN 1402006578 
  6. African Cultural Astronomy By Jarita C. Holbrook, R. Thebe Medupe, Johnson O. Urama
  7. The Timbuktu Astronomy Project
  Este artigo sobre astronomia é um esboço relacionado ao Projeto Astronomia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.