Atlantis-2

ATLANTIS-2 é um cabo submarino transatlântico de fibra ótica conectando Argentina, Brasil, Senegal, Cabo Verde, Ilhas Canárias e Portugal. É o primeiro cabo submarino ligando a América Latina ao continente africano. O projeto Atlantis-2 teve um custo total de US$370 milhões investidos por um consórcio de 25 transmissores internacionais,[1] liderados técnica e financeiramente pela Embratel com mais de US$100 milhões deste investimento.

Pontos de acesso do cabo Atlantis-2

Tem aproximadamente 12.000 quilômetros em comprimento,[1] com capacidade atual de 40Gbit/s, e design que pode ser melhorado atualmente para 160Gbit/s.[2]

A Embratel também instalou um par adicional de fibras de 40Gbits para seu uso exclusivo entre Fortaleza e Rio de Janeiro.[3]

O cabo entrou em serviço em Fevereiro de 2000. Em 10 de Maio, para celebrar o início definitivo em operação, uma videoconferência entre o então Presidente do Brasil Fernando Henrique Cardoso e o Primeiro-Ministro de Portugal António Guterres foi realizada para comemorar a nova ligação.[4]

É utilizado quase exclusivamente para transmissão de voz e usado apenas na telefonia.[5]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b «Atlantis 2 vai ligar o Brasil a Portugal». Folha de S.Paulo. 24 de julho de 1997. Consultado em 22 de julho de 2014 
  2. Makris, Spilios (9 de junho de 2010). «Atlantis-2: Some Facts» (PDF). ieee-cqr.org (em inglês). Telcordia. p. 9. Consultado em 22 de julho de 2014 
  3. «Atlantis 2 Cable (40 Gbps) Enters Service Between South America and Europe». convergedigest.com (em inglês). Converge! Network Digest. 10 de maio de 2000. Consultado em 22 de julho de 2014 
  4. «Embratel lança cabo submarino Atlantis 2». Teletime. 10 de maio de 2000. Consultado em 22 de julho de 2014 
  5. «Brasil vai construir cabo submarino para transmissão de dados com a Europa». Correio da Manhã. 16 de janeiro de 2014. Consultado em 22 de julho de 2014 
  • Pan, Hui (Maio de 2000). «News Network» (PDF). Boston: Information Gatekeeper Inc. Submarine Fiber Optics Communications Systems Monthly (em inglês). 8 (5): 9–10. ISSN 1070-096X. Consultado em 22 de julho de 2014 

Ligações externasEditar