Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde outubro de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Attila József
Nascimento 11 de abril de 1905
Budapeste
Morte 3 de dezembro de 1937 (32 anos)
Sepultamento Cemitério de Kerepesi
Cidadania Hungria
Etnia magiares
Alma mater Universidade de Szeged
Ocupação poeta, escritor
Prêmios Prêmio Kossuth, Prêmio Baumgarten
Empregador Nyugat
Causa da morte acidente ferroviário

Attila József (Budapeste, 11 de abril de 1905Balatonszárszó, Somogy, 3 de dezembro de 1937) foi um escritor húngaro do século XX.

Inscreveu-se no Partido Comunista, do qual foi expulso em 1932 por razões desconhecidas. Suicidou-se.

Índice

EscritorEditar

József foi um escritor influenciado pelo surrealismo, os seus poemas articulam a descrição da vida das classes mais humildes com uma crítica lúcida da sociedade contemporânea.

ObrasEditar

Obras publicadas em vidaEditar

  • A szépség koldusa, 1922
  • Nem én kiáltok, 1925
  • Nincsen apám se anyám, 1929
  • Döntsd a tőkét, ne siránkozz, 1931
  • Külvárosi éj,1932
  • Medvetánc, 1934
  • Nagyon fáj, 1936

Obras póstumasEditar

  • Collected verse and selected writings, 1938
  • Collected verse and translations, 1940
  • Collected works, 1958
  • Collected works, 1967
  • József Attila: Selected Poems and Texts, 1973 (introduction by G. Gömöri)

Referências