Abrir menu principal

Ausência congênita do rádio

A ausência congênita do rádio é uma anomalia embriológica em que, como sugere o nome, se verifica a ausência do osso rádio causada por fatores genéticos. Devido à falta do osso, ocorre um desvio lateral da mão e arqueamento da ulna.[1]

Referências

  1. MOORE, Keith L.; PERSAUD, T. V. N. Embriologia Básica. 7ª ed. Pg. 253.
  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.