Avant Airlines foi uma companhia aérea chilena que pertencia à empresa de transporte terrestre de passageiros Tur Bus. Iniciou suas operações em 1997 e encerrou-as em 2001. Seu código IATA era OT.

AVANT Airlines
Avant Airlines
Boeing 737-200 da Avant Airlines.
IATA OT
ICAO VAT
Indicativo de chamada AVANT
Fundada em 1997
Encerrou atividades em 2001
Principais centros
de operações
Aeroporto Internacional Comodoro Arturo Merino Benítez
Aeroporto La Florida
Frota 12
Sede Santiago,  Chile
Pessoas importantes Jesús Diez (Presidente)
Ronaldo Uauy (Gerente-geral)

História editar

A Avant Airlines fez seus primeiros voos regulares para La Serena em janeiro de 1997. Nos meses seguintes, ampliou sua oferta de destinos, voando para Copiapó e Valdivia, entre outros, e em junho do mesmo ano foi adquirida pela família Díez, dona da Tur Bus.[1] Em 1998, comprou a companhia aérea National por US$ 24 milhões.[2]

Apesar do crescimento que a empresa teve e da constante expansão das suas rotas nacionais e internacionais, em 2001, a Avant declarou falência, provocando o encerramento definitivo dos seus serviços nas rotas nacionais. O último voo doméstico ocorreu em 9 de março de 2001, entre as cidades de Calama, Antofagasta e Santiago.

Após o seu encerramento, a Avant operou no mercado aéreo chileno como uma empresa que oferecia o serviço de aluguel a outras companhias aéreas nacionais, e algumas internacionais, de suas aeronaves Boeing 737-200 e Boeing 727-200. Por volta de 2005, toda a frota pertencente à extinta Avant foi adquirida pela Sky Airline, com exceção das aeronaves Boeing 727-200, que foram vendidas à transportadora DHL.

Destinos editar

  Chile:

Frota editar

 
Boeing 737-248 da Avant Airlines.

Notas editar

Referências

  1. «Tur Bus Will Buy Avant Airlines Today». Business News Americas (em inglês). 4 de junho de 1997. Consultado em 2 de janeiro de 2021. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  2. «A fines de año vuelve a volar National Airlines». Radio Cooperativa (em espanhol). 6 de agosto de 2001. Consultado em 2 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 5 de março de 2016