Sky Airline

Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Sky Airlines.

Sky Airline é uma companhia aérea chilena que presta serviço de transporte aéreo de passageiros e carga desde o ano de 2002. Transporta mais de 140.000 passageiros mensalmente, dominando 23% do mercado aéreo doméstico chileno, atrás somente da gigante LATAM Airlines (78%), e 5% do mercado internacional chileno, também perdendo apenas para a LATAM Airlines (60%). Em 2011, transportou quase 1.500.000 passageiros, sendo a segunda maior linha aérea chilena.

Sky Airline
IATA H2
ICAO SKU
Indicativo de chamada AEROSKY
Fundada em 2001
Frota 20
Destinos 19
Sede Santiago, Chile
Sítio oficial www.skyairline.cl/

A Sky Airline foi nomeada a Melhor Companhia Aérea Regional da América do Sul em 2014, 2015 e 2016 no Skytrax World Airline Awards.

Além disso, o OAG (Official Airline Guide) declarou a Sky Airline como a companhia aérea mais pontual de 2016.

Em 18 de julho de 2012, às 17h08, hora local, um Sky Airline Flight SKU 101, operado por um Boeing 737-200 Advanced , matrícula CC-CRQ, com 115 passageiros e 6 tripulantes a bordo, abortou o pouso em La Serena tocando a pista com sua asa direita, sofrendo danos substanciais na ponta da asa e na carenagem do flap. O avião pousou em segurança no Aeroporto de Copiapó-Chamonate às 17:47 sem feridos. As condições de visibilidade em La Serena estavam se deteriorando rapidamente no momento da abordagem, mas ainda eram boas o suficiente para um pouso seguro (visibilidade de 6.000 m). O avião foi posteriormente reparado.[1]

Em 14 de outubro de 2015, um passageiro a bordo do SKU 112, um Airbus A319 , filmou parte da capota do motor esquerdo do avião saindo do aeroporto de Santiago em direção ao Aeroporto de Chamonate . O avião voltou imediatamente ao aeroporto de Santiago e pousou em segurança. Nenhum passageiro ficou ferido. Um incidente semelhante com o A319 havia acontecido anteriormente em um vôo da British Airways saindo do aeroporto de Heathrow. [2]

A Sky Airline era controlada por seu fundador, Jürgen Paulmann (1930–2014), um empresário alemão-chileno irmão do bilionário Horst Paulmann.[3] Iniciou suas operações em dezembro de 2001 e fez os primeiros voos de Santiago ao norte do Chile em junho de 2002. Desde 2005 é membro pleno da IATA.

Em abril de 2009, a empresa assinou um acordo com a Aerolíneas Argentinas, permitindo à transportadora de bandeira argentina oferecer em todos os seus escritórios comerciais e através de seu sistema de bilhete eletrônico a maioria dos destinos cobertos pela Sky Airline no Chile.[4]

Em 2011 assinou um acordo de codeshare com a TACA Airlines para voos domésticos no Chile, Peru e entre os dois países. Em 2012, assinou um acordo de codeshare com a controladora da TACA, a colombiana Avianca, para operações entre o Chile e a Colômbia.[5]

A companhia aérea planejou fazer a transição para um modelo de transportadora de baixo custo durante 2015 e 2016 para reduzir custos.[6]

Frota [7]Editar

 
Airbus A319 da Sky Airline.
SKY Airline Fleet
Aircraft In Service Orders Passengers Registrations
M Y Total
Airbus A320neo 21 4 0 186 186
Airbus A321neo 2 5 0 238 238 From Q3 2021
Airbus A321 XLR - 10 TBA TBA TBA From Q2 2023
Total 23 19

Frota anteriorEditar

Desde o seu início, a Sky Airline operou uma frota 100% Boeing 737, estes começaram a ser substituídos por aviões da família Airbus A320 em 2010 e foram totalmente retirados em 2013.[7]

Sky Airline historical fleet
Aircraft Introduced Retired
Boeing 737-200 2001 2013
Boeing 737-300 2008 2008
Airbus A319 2013 2020
Airbus A320 2010 2019


Referências

Ligações externasEditar