Azyllo Muito Louco

filme de 1970 dirigido por Nelson Pereira dos Santos

Azyllo Muito Louco é um filme brasileiro do gênero comédia, dirigido por Nelson Pereira dos Santos[1]. Filmado em 1969 na cidade de Paraty, o filme foi lançado em 1971.

Azyllo Muito Louco
 Brasil
1971 •  cor •  100 min 
Direção Nelson Pereira dos Santos
Roteiro Nelson Pereira dos Santos
Elenco Nildo Parente, Nelson Dantas, Leila Diniz
Género comédia
Idioma português

A história é uma adaptação do conto O Alienista, de Machado de Assis. O padre Simão chega a Paraty e funda um hospício para cuidar dos loucos da cidade. Mais tarde, chega à conclusão de que os internos estão sãos e as pessoas consideradas sadias é que deveriam ser consideradas loucas[2].

Assim como no conto de Machado, o filme faz uma sátira da psiquiatria, mas também apresenta uma crítica velada ao regime militar instaurado no Brasil após o golpe de 1964[3]

ElencoEditar

PrêmiosEditar

Referências

  1. Azyllo muito louco. Adoro Cinema
  2. Azyllo muito louco. Cinemateca Brasileira
  3. MAGNO, Maria Ignes Carlos. Esse mundo é dos loucos e Azyllo muito louco. Razão e desrazão em tempos sobrios. Comunicação & Educação, São Paulo, v. 20, n. 1, p. 161-167, may 2015. ISSN 2316-9125

Ligações externasEditar


Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.