Balanophora coralliformis

Balanophora coralliformis, às vezes conhecida como planta de coral[2] é uma planta da família Balanophoraceae e é conhecida apenas do monte Mingan, na ilha de Luzon, nas Filipinas. Como outras em seu género, é um parasita obrigatório crescendo nas raízes das árvores da floresta tropical, mas difere em que o seu tubérculo aparece acima do solo e tem uma estrutura alongada, repetidamente ramificada, semelhante a um coral. Foi descrita pela primeira vez em 2014 e é conhecida a partir de menos de 50 plantas, mas ainda não foi declarada em perigo.

Balanophora coralliformis
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica edit
Reino: Plantae
Clado: Tracheophytes
Clado: Angiospermas
Clado: Eudicots
Ordem: Santalales
Família: Balanophoraceae
Gênero: Balanophora
Espécies:
B. coralliformis
Nome binomial
Balanophora coralliformis

Taxonomia e nomenclaturaEditar

Balanophora coralliformis foi descrita pela primeira vez formalmente em 2014 por Julie Barcelona, Pieter Pelser e Danilo Tandang a partir de um espécime encontrado no trilho do cume do Monte Mingan no centro de Luzon. O epíteto específico (coralliformis) refere-se à forma de coral do tubérculo da espécie.[3] Em 2015, o Instituto Internacional de Exploração de Espécies a nomeou como uma das "10 principais novas espécies" nas espécies descobertas em 2014.[2][4]

Referências

  1. Abreviatura oficial e lista de nomes de plantas e fungos atribuídos a Balanophora coralliformis no The International Plant Names Index (IPNI) (em inglês).
  2. a b «Coral Plant: Atypical Tubers» 
  3. «Balanophora coralliformis (Balanophoraceae), a new species from Mt. Mingan, Luzon, Philippines». Phytotaxa. 170. doi:10.11646/phytotaxa.170.4.7 
  4. «These Are the Top 10 New Species Discovered Last Year»