Magníficos

Banda de forró eletrônico
(Redirecionado de Banda Magníficos)

Banda Magníficos é uma banda de forró eletrônico criada em 1995 na cidade de Monteiro, no interior da Paraíba. Ganhou notoriedade no espaço artístico com as canções “Me Usa” e “Verdadeiro Amor”.

Magníficos
Magníficos
Logotipo da banda
Informação geral
Origem Monteiro,  Paraíba
País  Brasil
Gênero(s) Forró eletrônico
Período em atividade 1995 — atualmente
Gravadora(s) Sony Music Brasil,

MD Music

Integrantes Fernando Frajola

Samara Souto

Página oficial bandamagnificos.com.br

Com mais de 20 anos de carreira, a banda é uma das mais bem sucedidas no gênero de forró eletrônico e dona de grandes sucessos como: "Me Usa", "Apaixonada", "Verdadeiro Amor", "É Chamego ou Xaveco?", "Sonhar", "Carta Branca", "O Encanto", "Grande Amor da Minha Vida", "Cristal Quebrado", "Tentando Me Evitar", "Telefone Fora de Área" , "Fonte dos Desejos", "Frente a Frente", "Fora de Mim", "De Bandeja", "Animal Faminto", "O Primeiro Beijo", "Essa Paixão Virou Chiclete", "Só Depende de Nós", "Ninguém Me Quer", "Super Herói", dentre outros.[1][2]

O sucesso da banda de forró romântico resultou em oito milhões de cópias vendidas e certificações por vendas de gravação musical, que renderam vários discos de ouro, um de platina e um de platina duplo[3]. Teve como Formação Clássica: Walkíria Santos, Neno e Luciene Melo onde gravaram os maiores Sucessos da Banda nos anos 1996 até 2000, quando a Banda passou por Reformulações com a Chegada de Sâmya Maia e outros Vocalistas, mas Mantendo sua Essência e seu Sucesso até os dias Atuais. Atualmente a Banda conta nos Vocais: Fernando Frajola e Samara Souto[4]

Biografia editar

Tudo começou há quase vinte anos, na cidade de Monteiro, interior da Paraíba, quando José Inácio da Silva (Jotinha), ganhou de presente do seu pai uma pequena sanfona de apenas 60 baixos. Empolgado com o presente, aprendeu as primeiras notas musicais e a tocar alguns clássicos do forró como: Asa Branca e Mulher Rendeira. Contagiados pela música e incentivados por Jotinha, os irmãos Josivaldo, Van e Neno, também aprenderam a tocar alguns instrumentos musicais, passando a animar festas em sítios e salões da cidade. Antes de ingressarem no mundo artístico, os irmãos já trabalhavam aos oito anos de idade, engraxando sapatos, carregando feira em carroça e vendendo picolé. Com quinze anos, Jotinha conseguiu um emprego como menor estagiário no Banco do Brasil de Monteiro-PB. ‘Todo dinheiro arrecadado tinha destino certo: Investir na carreira musical’, informa Jotinha, lembrando que ‘No início, tudo foi conquistado com muito sacrifício e persistência, mas logo as pessoas começaram a gostar do nosso trabalho e o boca a boca fez surgir os convites para apresentações em várias cidades da região’. Com o aumento da demanda, Jotinha deixou de participar como sanfoneiro e passou a administrar o grupo, contratando mais pessoas para fazerem parte do mesmo. Através de pesquisa realizada em um dicionário encontrou a palavra (magnífico) que ajudou a identificar a MARCA de sua empresa. A partir daí surgiu a Banda Magníficos.[5]

Em 1995 a Banda “Magníficos” lançou o seu primeiro CD Independente, intitulado Todo Dia Te Querer, que tinha como carro chefe a música Amor pra Sempre que, devido as dificuldades no início, foi divulgado apenas nas emissoras de rádio da Paraíba.

No ano seguinte foi lançado o 2º CD (Meu Tesão é Você), que fez um grande sucesso em todo o Nordeste e chegou a vender mais de 200 mil cópias, despertando o interesse da gravadora Sony Music,que não mediu esforços para contratar a banda.

Em 1997, já através Da Sony Music, a Banda Magníficos lançou seu terceiro CD intitulado ME USA, e foi premiada com o Disco Duplo de Platina, referente a vendagem superior a 500 mil cópias. Nesse mesmo ano, entra a nova vocalista Luciene Melo, formando junto com Walkyria e Neno o trio de vozes que marcou a banda.[6]

Os hits Homem é Feito Lata e o Primeiro Beijo são lançados como músicas de trabalho. O primeiro é interpretado por Sâmya Maia e o segundo por Walkyria Santos. Fãs aguardam ansiosos pelo lançamento do novo CD.[7].Em 2014 Walkyria deixa a banda novamente.Sendo substituída por Adma Andrade. Em 2015, a banda completa 20 anos de história. Atualmente a música mais tocada da banda nas rádios é Espaços e Vazios, na voz feminina de Adma Andrade que vem abrilhantando a banda.

Em julho de 2018, a vocalista Sâmya Maia deixa a banda e O'hara Ravick assume à frente feminina dos vocais, ao lado de Fernando Frajola.[8]

Em 18 de março de 2023, a banda Magníficos anunciou a inclusão de Samara Souto como sua nova vocalista, em substituição à cantora O'hara Ravick, que optou por sair do grupo para ingressar na Banda Calcinha Preta.[9]

Discografia editar

Álbuns em estúdio editar

Álbuns Ao Vivo editar

Compilações editar

Referências

  1. Banda Magníficos. Biografia. Banda Magníficos. Disponível em <http://www.banda-magnificos.com.br/#/biografia>. Acesso em Fevereiro de 2016
  2. «Banda Magníficos». Paraíba Criativa. Consultado em 19 de dezembro de 2022 
  3. a b c «Álbuns certificados de Magníficos». ABPD. Consultado em 3 de fevereiro de 2016 
  4. Paraíba, Jornal da (9 de dezembro de 2021). «Banda Magníficos realiza gravação do primeiro DVD na Paraíba». Jornal da Paraíba. Consultado em 19 de dezembro de 2022 
  5. «Biografia de Banda Magníficos». Letras.com.br. Consultado em 19 de dezembro de 2022 
  6. «Biografia de Banda Magníficos». Last.fm. Consultado em 19 de dezembro de 2022 
  7. «Biografia». Consultado em 25 de julho de 2014 
  8. «Banda Magníficos grava EP para comemorar 25 anos de carreira». OFuxico. 22 de dezembro de 2018. Consultado em 19 de dezembro de 2022 
  9. MaisPB (18 de março de 2023). «Magníficos anuncia nova cantora após Ohara Ravick ir para Calcinha Preta». www.maispb.com.br. Consultado em 23 de julho de 2023. Cópia arquivada em 18 de março de 2023 

Ligações externas editar

   Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.