Francisco Xavier da Costa Aguiar de Andrada

(Redirecionado de Barão Aguiar de Andrade)
Francisco Xavier da Costa Aguiar de Andrada
Nascimento 1822
São Paulo
Morte 28 de março de 1892 (70 anos)
Washington, D.C.
Cidadania Brasil
Ocupação magistrado, diplomata
Prêmios Grã-Cruz da Ordem de Cristo, grã-cruz da Imperial Ordem da Rosa

Francisco Xavier da Costa Aguiar de Andrada, primeiro e único Barão de Aguiar de Andrada GCC (São Paulo, 1822Washington, 25 de março de 1893) foi um magistrado e diplomata brasileiro, tendo sido embaixador plenipotenciário em diversas ocasiões.

Filho de Francisco Xavier da Costa Aguiar de Andrada (1785 - 26 de Dezembro de 1850) e de sua mulher e prima-irmã Maria Zelinda de Andrada (São Paulo, 1794 - ?), e irmão da Baronesa de Penedo. Casou-se com sua duas vezes prima-irmã Jesuína da Costa Aguiar de Andrada (1824 - ?), filha de seu tio paterno José Ricardo da Costa Aguiar de Andrada (Santos, 15 de Outubro de 1787 - Rio de Janeiro, 23 de Junho de 1846) e de sua mulher Jesuína de Sousa Moreira. Os pais de ambos eram filhos de Francisco Xavier da Costa Aguiar e de sua mulher Bárbara Joaquina Ribeiro de Andrada (1766 - 16 de Agosto de 1840), irmã de José Bonifácio de Andrada e Silva, e a mãe dele era filha natural dum irmão do mesmo, Patrício Manuel Bueno de Andrada (24 de Março de 1760 - 8 de Fevereiro de 1847).[carece de fontes?]

Foi Ministro Plenipotenciário em Portugal, embaixador do Brasil no Uruguai e sucedeu ao Conselheiro Lafayette Rodrigues Pereira na presidência dos Tribunais Arbitrais Anglo-Chileno, Ítalo-Chileno, Franco-chileno e Germânico-Chileno estabelecidos em Santiago por ocasião da Guerra do Pacífico do Chile contra o Peru e Bolívia.[1]

Morreu durante uma missão diplomática em Washington, a qual tratava da Questão das Missões.

Títulos nobiliárquicos e honrariasEditar

Agraciado com as Grã-Cruzes da Imperial Ordem da Rosa, da Real Ordem Militar de Nosso Senhor Jesus Cristo, da Imperial Ordem da Coroa de Ferro e da Ordem de Medjidié, além de ter sido conselheiro imperial.

Barão de Aguiar de Andrada

Título conferido por decreto imperial em 3 de maio de 1876.

Referências

  1. Van Buren, Mario Barros. Historia Diplomatica de Chile, 1541 - 1938. Ed. Andrés Bello. 2a. ed., Chile, 1990, pg. 495. ISBN 956-13-0776-5