Barbier, Benard, et Turenne

Barbier, Benard, et Turenne (BBT) foi uma empresa francesa fundada em 1862, especializada na fabricação de holofotes, lentes de Fresnel para faróis e sistemas de iluminação.[1] Foi o maior produtor mundial de faróis no final do século XIX. Dissolveu-se em 1982.

HistóriaEditar

A empresa foi fundada em 1862 por Frederic Barbier e Stanislas Fenestre com a denominação Barbier et Fenestre. Foi renomeada para Barbier et Cie em 1887 e para Barbier et Bénard em 1889. Tornou-se Barbier, Benard et Turenne no início do século XX e tornou-se uma empresa pública limitada em 1919.[2]

ProduçãoEditar

FaróisEditar

Barbier, Benard, et Turenne começou com uma especialização na produção de equipamentos para faróis, como lentes de Fresnel. Mais tarde expandiu para a produção de balizas, assim como mecanismos de rotação. Eventualmente, a empresa fabricou bóias, torres de metal e sirenes de nevoeiro.

A BBT logo habilitou-se a construir faróis completos, e tornou-se mundialmente famosa por isso.[3] Foi líder mundial na construção de faróis no final do século XIX.

A BBT usou sua experiência em óptica, iluminação e construção para expandir-se para outros negócios, incluindo holofotes de estádios e aeroportos e postes de iluminação pública.

InstalaçõesEditar

As fábricas da BBT estavam localizadas principalmente perto do Canal de l'Ourcq, em Paris.[3] Sua sede central também era localizada em Paris. Tinha instalações em Nazelles (Indre-et-Loire) e White Misseron (Norte). A BBT dispunha de instalações especializadas para a produção de gás para iluminação pública em Sfax e Marselha.

DissoluçãoEditar

A BBT foi dissolvida em 1982.

Referências

  1. Barbier Benard Turenne; BBT finances;BBT finances
  2. Thobie, Jacques. Administration General beacons of the Ottoman Empire and the Collas and Michel society, 1860-1960 (L'Harmattan, 2004), p. 12.
  3. a b Le Cunff, Louis. Sea Lights (Navy Anchor Press, 1992), p. 75