Batalha de Arras (1914)

Batalha de Arras (1914)
Parte da(o) Corrida para o mar na Frente Ocidental (Primeira Guerra Mundial)
Bundesarchiv Bild 183-R34771, Frankreich, Arras, Schützengraben.jpg
Soldados alemães a guardar a entrada de uma trincheira na linha da frente.
Data 1 a 4 de Outubro de 1914
Local Arras, França
Desfecho
Mudanças
territoriais
Vitória defensiva dos franceses
Combatentes
França França Império Alemão Império Alemão
Líderes e comandantes
França General Louis de Maud'huy Império Alemão Rodolfo da Baviera
Forças
10.º Exército francês 3 Corpos dos 1.º, 2.º e 7.º Exércitos alemães

A Batalha de Arras, ou, na sua forma portuguesa, de Arrás, de 1914 (também conhecida como Primeira Batalha de Arras), que começou a 1 de Outubro, foi uma tentativa de o exército francês flanquear o seu homólogo alemão e assim evitar que este avançasse até ao Canal da Mancha durante a Corrida para o mar.

O 10.º Exército francês, sob o comando de Louis Maud'huy, atacou as forças avançadas alemãs a 1 de Outubro, com algum êxito inicial, até à chegada à cidade de Douai. Aqui, o 6.º Exército do Príncipe da Baviera lançou um contra-ataque. Juntamente com três corpos do 1.º, 2.º e 7.º Exércitos Exército, os franceses foram forçados a retirar até Arras.

O insucesso francês de travar o exército alemão resultou na perda de Lens a 4 de Outubro, e permitiu que os alemães avançassem mais para norte, em direcção à Flandres. No entanto, os franceses conseguiram controlar Arras.

Ligações externasEditar

  A Wikipédia tem o portal:
  Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Arras (1914)