Abrir menu principal

A Batalha de Bordeaux foi como ficou conhecida a partida de futebol Tchecoslováquia 1 x 1 Brasil válida pelas 4as-de-finais da Copa do Mundo da França-1938.

Este jogo entrou para a história das Copas por ser a primeira partida a ter tido 3 expulsões na história desta competição. Este recorde de expulsões só foi batido 68 anos mais tarde, na copa de 2006 (Portugal 1 x 0 Holanda). Além das 3 expulsões, cinco jogadores sairam de campo machucados.[1] Destes, 2 tchecos foram parar no hospital (o goleiro, com o braço quebrado, e o artilheiro, mancando). Por estes motivos, esta partida é considerada a mais violenta da história das copas.[2]

A PartidaEditar

Partida 1: A Batalha de BordeauxEditar

12 de Junho de 1938   1 – 1 (a.e.t.)   Stade du Parc Lescure, Bordeaux
17:00 CET
Leônidas   30' Relatório Nejedlý   65' (pen.) Público: 22,021
Árbitro: Pál von Hertzka  
GK Walter
DF Domingos da Guia
DF Machado
MF Afonsinho
MF Martim     89'
MF Zezé Procópio   14'
FW Hércules
FW Leônidas
FW Lopes
FW Perácio
FW Romeu
Técnico:
  Ademir Pimenta
GK František Plánička  
DF Ferdinand Daučík
DF Jaroslav Burgr
MF Jaroslav Bouček
MF Josef Košťálek
MF Vlastimil Kopecký
FW Antonín Puč
FW Jan Říha   89'
FW Josef Ludl
FW Ladislav Šimůnek
FW Oldřich Nejedlý
Técnico:
  Josef Meissner

Técnicos Assistentes:
  Giuseppe Scarpi
  Charles de la Salle

Partida 2: Jogo de DesempateEditar

14 de Junho de 1938   2 – 1   Stade du Parc Lescure, Bordeaux
17:00 CET
Leônidas   57'
Roberto   62'
Relatório Kopecký   25' Público: 20,000
Árbitro: George Capdeville  
GK Walter
DF Jaú
DF Nariz
MF Britto
MF Brandão ]
MF Argemiro   14'
FW Roberto
FW Leônidas
FW Luizinho
FW Tim
FW Patesko
Técnico:
  Ademir Pimenta
GK Burket
DF Planička
DF Jaroslav Burgr
MF Jaroslav Bouček
MF Josef Košťálek
MF Vlastimil Kopecký
FW Rulc
FW Kreuz
FW Horak
FW Ludl
FW Senecký
Técnico:
  Josef Meissner

Referências