Abrir menu principal

Batalha de Sarandi

batalha na Guerra da Cisplatina
Batalha de Sarandi
Guerra da Cisplatina
Battle of Sarandi, Juan Manuel Blanes.jpg
Batalha de Sarandi, por Juan Manuel Blanes (1830-1901).
Data 12 de outubro de 1825
Local Arroio Sarandi, Departamento de Flores, Uruguai
Desfecho Vitória dos orientais; expedição dos Trinta e Três Orientais
Beligerantes
Flag of Brazil (1822–1870).svg Império do Brasil Flag of Argentina (alternative).svg Trinta e Três Orientais
Comandantes
Bento Manuel Ribeiro Bento Gonçalves da Silva Juan Antonio Lavalleja
Forças
~2.200 ~2.000
Baixas
400 30

A batalha de Sarandi ocorreu em 12 de outubro de 1825. Teve lugar nas costas do arroio Sarandi, afluente do rio Yi, atualmente Departamento de Flores, no Uruguai.

A Batalha de Sarandi foi determinada pelas tropas brasileiras enviadas para deter o avanço do exército da Cruzada Libertadora comandado pelo general Juan Antonio Lavalleja, logo após o êxito obtido pelo general Fructuoso Rivera na Batalha de Rincón.

O triunfo obtido pelo exército comandado pelo general Lavalleja conjuntamente com Rivera, Oribe e gaúchos uruguayos, foi determinante para que o governo rioplatenho se decidisse a intervir em apoio à Cruzada Libertadora para retirar a então denominada Província Oriental ou Província Cisplatina, do jugo do Império do Brasil.

A respeito do encontro de Umbu[1], o Barão do Rio Branco esclareceu o seguinte:

Ligações externasEditar

BibliografiaEditar

  • DONATO, Hernâni. Dicionário das Batalhas Brasileiras. São Paulo: Editora Ibrasa, 1987.
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Sarandi