Abrir menu principal
1,5 milhão de pessoas na Praça de São Pedro na cerimônia de beatificação de João Paulo II em 1 de maio de 2011 na Cidade do Vaticano.[1][2]

Inspirado por chamadas de "Santo Subito!" ("Santo Imediatamente!") das multidões se reuniram durante o funeral,[3][4][5] Papa Bento XVI iniciou o processo de beatificação de seu antecessor, ignorando a restrição normal que cinco anos devem se passar após a morte de uma pessoa antes do processo de beatificação poder começar.[5][6][7][8]

Em uma audiência com o Papa Bento XVI, Camillo Ruini, Vigário Geral da Diocese de Roma e o responsável pela promoção da causa de canonização de qualquer pessoa que morre dentro daquela diocese, citou "circunstâncias excepcionais" e sugeriu que o período de espera poderia ser dispensado.[4][8][9][10] Esta decisão foi anunciada em 13 de Maio de 2005, a Festa de Nossa Senhora de Fátima[11] e o 24 º aniversário do atentado a João Paulo II na Praça de São Pedro.[12]

Em 28 de maio de 2006, Bento XVI rezou uma missa na Polônia, para um público estimado em 900 000 pessoas. Durante a homilia, encorajou orações para a canonização precoce de João Paulo II e declarou que esperava que a canonização fosse acontecer "em um futuro próximo."[13][14] Em fevereiro de 2007, relíquias do Papa João Paulo II — pedaços da batina que ele costumava vestir — estavam sendo distribuídas gratuitamente com cartões de oração para a causa da beatificação.[15]

Índice

Processo de beatificaçãoEditar

O seu processo de beatificação foi aberto em 28 de Junho do mesmo ano. No dia 19 de dezembro de 2009 o Papa Bento XVI proclamou-o "Venerável", ao promulgar o decreto que reconhece as virtudes heróicas do Servo de Deus João Paulo II, um importante passo dentro do processo de beatificação que fica aguardando a existência de um milagre realizado pela intercessão do papa polaco.[16]

Foi relatado que a Irmã Marie-Simon-Pierre vivenciou uma "cura completa e duradoura depois que membros de sua comunidade rezaram pela intercessão do Papa João Paulo II".[17][18][19] Em maio de 2008, Irmã Marie-Simon-Pierre, então com 46 anos,[3][5] voltou a trabalhar novamente em um hospital maternidade que é regido pela ordem religiosa à qual ela pertence.[20][21]

"Eu estava doente e agora estou curada," ela disse ao reporter Gerry Shaw. "Estou curada, mas cabe à Igreja dizer se foi um milagre ou não."[13][20]

Em janeiro de 2007, Cardeal Stanisław Dziwisz de Kraków, seu ex-secretário, anunciou que a fase chave do processo de beatificação, na Itália e Polônia, estava em fase de conclusão.[13][22]

Em 8 de março de 2007, o Vicariato de Roma anunciou que a fase diocesana da causa de João Paulo II para a beatificação estava no fim. Após uma cerimônia em 2 de abril de 2007 – o segundo aniversário da morte do pontífice – a causa procedeu ao exame da comissão de leigos, membros do clero, e episcopal do Vaticano, da Congregação para as Causas dos Santos, que então iriá conduzir uma investigação própria.[13][22][6]

No quarto aniversário da morte do Papa João Paulo, 2 de abril de 2009, o Cardeal Dziwisz disse aos repórteres que um suposto milagre havia ocorrido recentemente no túmulo do antigo Papa na Basílica de São Pedro. Um garoto polonês de nove anos de idade de Gdańsk, que sofria de câncer de rim e era completamente incapaz de andar, tinha ido visitar o túmulo de seus pais. Ao sair da Basílica de São Pedro, o menino disse-lhes: "Eu quero andar", e começou a andar normalmente.[23][24][25][26][27]

Em 16 de novembro de 2009, um júri de revisores da Congregação para as Causas dos Santos votou em unanimidade que o Papa João Paulo II havia vivido uma vida de virtude.[28][29]

Em 19 de dezembro de 2009, Bento XVI assinou o primeiro de dois decretos necessários à beatificação e proclamou João Paulo II "Venerável", no reconhecimento de que viveu heroicamente uma vida virtuosa. A segunda votação e o segundo decreto assinado reconhece a autenticidade de seu primeiro milagre (o caso da Irmã Marie Simon-Pierre, a freira francesa que foi curada da doença de Parkinson). Uma vez que o segundo decreto é assinado, o positio (o relatório sobre a causa, com a documentação sobre sua vida e seus escritos e com informações sobre a causa) é considerado como sendo completo. Ele pode então ser beatificado.[28][29]

No dia 14 de Janeiro de 2011 o Papa Bento XVI aprovou o decreto sobre um milagre atribuído ao Papa Wojtyla, permitindo a sua beatificação[30][31] que aconteceu em Roma no dia 1 de maio de 2011,[32], o Domingo da Divina Misericórdia.[33] Desde de Junho de 2005 até Abril de 2007 foi realizado inquérito diocesano principal romano em diversas dioceses sobre a vida, as virtudes e a fama de santidade e de milagres. Em vista da beatificação, a postulação da causa apresentou ao exame da Congregação para as Causas dos Santos a cura do Mal de Parkinson da Irmã Marie Simon Pierre Normand,[13] religiosa do Insitut des Petites Soers des Maternités Catholiques, foi relatado que ela vivenciou uma "cura completa e duradoura depois que membros de sua comunidade rezaram pela intercessão do Papa João Paulo II".[3][4][5][17][18][19] Os peritos se manifestaram a favor da inexplicabilidade científica da cura e a Congregação para as Causas dos Santos emitiu uma sentença considerando milagrosa a cura da religiosa francesa, a seguir à intercessão de João Paulo II. A beatificação de João Paulo II, presidida pelo seu sucessor, é um fato sem precedentes: nenhum papa elevou às honras dos altares o seu imediato predecessor.[34] 1 de maio é comemorado em ex-países comunistas, como a Polónia, e alguns países da Europa Ocidental países como o Dia de Maio, e o Papa João Paulo II é mais bem conhecido, entre muitas outras coisas, por suas contribuições cruciais para o desaparecimento relativamente pacífico do comunismo no Leste Europeu e na Europa Central, como atestado pelo ex-presidente soviético Gorbachev após a morte do pontífice.[35][36]

CerimôniaEditar

Em 29 de abril de 2011, o caixão do Papa João Paulo II foi exumado da gruta debaixo da Basílica de São Pedro com dezenas de milhares de pessoas que começaram a chegar em Roma para um dos maiores eventos desde seu funeral em 2005.[37]

No mesmo dia "Non abbiate paura" ("Não tenha medo"), a canção dedicada a João Paulo II, com imagens originais e as palavras do Papa, foi lançada. A canção, composta por Giorgio Mantovan e escrita por Francesco Fiumanò, foi executada pelo cantor italiano Matteo Setti e a peça musical para a qual o Centro Televisivo Vaticano deu permissão de usar a voz e as imagens de Karol Wojtyla. O trecho "Non abbiate paura", foi retirado de parte de um discurso de 22 de outubro de 1978 e obtidas pela Livraria Editora Vaticana, no discurso João Paulo II diz: "Não tenha medo, lhes peço, lhes imploro com humildade e com confiança em Cristo de falar ao homem... Ele tem a palavra da vida... Sim, de vida eterna".[38][39]

Seis anos após seu falecimento, no dia 1° de maio de 2011 às 10h37 (horário de Roma), sua beatificação foi proclamada pelo Papa Bento XVI. Ele, acolhendo o pedido do vigário de Roma, Agostino Vallini, leu a fórmula latina que incluiu o papa polaco entre os beatos. Seu processo de beatificação foi o mais rápido dos últimos 700 anos, sendo o processo de canonização mais rápido até hoje o de Santo António de Lisboa que foi canonizado apenas 11 meses após sua morte. A celebração de seu dia foi o dia 22 de outubro, aniversário de sua eleição ao pontificado.[40]

A cerimônia foi acompanhada na Praça de São Pedro por mais de um milhão de pessoas, vindas de todos os continentes, com aplausos e cantos religiosos. Bento XVI celebrou a cerimónia - com paramentos que pertenceram a seu antecessor - acompanhado por cardeais presentes em Roma, como Stanisław Dziwisz e por Mieczysław Mokrzycki, ex-primeiro e segundo secretário particular de João Paulo II.[41]

Bento XVI recebeu uma relíquia contendo o sangue de João Paulo, que lhe foi entregue por Marie Simon Pierre Normand. O milagre com que foi tocada a religiosa foi um dos fatores decisivos para a beatificação de João Paulo II. Bento XVI também declarou que o processo de beatificação foi acelerado devido à grande veneração popular por Woijtila.[42]

A Casa da Moeda da Polônia emitiu moedas de ouro de 1000 zlotys com a imagem do Papa para comemorar sua beatificação. A coleção também inclui moedas de ouro no valor de 100 zlotys, 25 zlotys e 20 zlotys, todas com a imagem do papa.[43]

Desde o dia 2 de maio de 2011, seu corpo repousa na Capela de São Sebastião no Vaticano.[44]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Nicole Winfield e Vanessa Gera. «Pope Beatifies John Paul II Before 1.5 Million Faithful». CNS News. Consultado em 17 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em 10 de fevereiro de 2014 
  2. «Pope John Paul II beatified in front 1.5 million». The Telegraph. 1 de maio de 2011. Consultado em 17 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em 8 de junho de 2014 
  3. a b c Moore, Malcolm (22 de maio de 2008). «Pope John Paul II on course to become Saint in record time». Daily Telegraph. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2011 
  4. a b c Weeke, Stephen (31 de março de 2006). «Perhaps 'Saint John Paul the Great?'». msnbc World News. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 10 de fevereiro de 2014 
  5. a b c d Hooper, John (29 de março de 2007). «Mystery nun the key to Pope John Paul II's case for Sainthood». Guardian News and Media Limited. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 13 de abril de 2014 
  6. a b Hollingshead, Iain (1 de abril de 2006). «Whatever happened to ... canonising John Paul II?». The Guardian. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 23 de abril de 2008 
  7. «Response of His Holiness Benedict XVI for the examination of the cause for beatification and canonisation of the servant of God John Paul II». Vatican News ‘Libreria Editrice Vaticana’. 9 de maio de 2005. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 9 de fevereiro de 2014 
  8. a b «John Paul II on fast track for canonisation – Framingham, MA – The MetroWest Daily News». GateHouse Media, Inc. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 14 de junho de 2011 
  9. «His Holiness John Paul II : Short Biography». Sala de Imprensa da Santa Sé. 30 de junho de 2005. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 9 de fevereiro de 2014 
  10. «John Paul II's Cause for Beatification Opens in Vatican City». ZENIT. 28 de junho de 2005. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 16 de janeiro de 2014 
  11. «Devotos comemoram Festa de Nossa Senhora de Fátima nesta terça-feira (13) - Prefeitura Municipal de Guarujá». guaruja.sp.gov.br. 13 de maio de 2014. Consultado em 7 de dezembro de 2014. Cópia arquivada em 7 de dezembro de 2014 
  12. «CNN.com - John Paul on sainthood fast track - May 13, 2005». cnn.com. 14 de maio de 2005. Consultado em 7 de dezembro de 2014. Cópia arquivada em 7 de dezembro de 2014 
  13. a b c d e Vicariato di Roma:A nun tells her story…. 2009
  14. «900,000 gather for Mass with Pope Benedict». International Herald Tribune. 28 de maio de 2006. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 22 de junho de 2014 
  15. Moore, Malcolm (25 de setembro de 2007). «Clamour for free Pope John Paul II relics». The Telegraph Media Group Limited. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 29 de dezembro de 2012 
  16. «Papa proclama veneráveis João Paulo II e Pio XII - Geral - Estadão». 20 de dezembro de 2009. Consultado em 3 de agosto de 2013. Cópia arquivada em 8 de junho de 2013 
  17. a b «Vatican may have found Pope John Paul's 'miracle'». includes material from Agence France-Presse (AFP), APTN, Reuters, CNN and the BBC World Service. 2007 ABC (Australia). 31 de janeiro de 2006. Consultado em 1 de janeiro de 2009 
  18. a b «Miracle attributed to John Paul II involved Parkinson's disease». Catholic World News (CWN). 2009 Trinity Communications. 30 de janeiro de 2006. Consultado em 1 de janeiro de 2009 
  19. a b «Nun Who Claims Cure by John Paul II Emerges to Make Her Case». The New York Times. 30 de março de 2007. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2014 
  20. a b «CNS STORY: For Pope John Paul II, beatification process may be on final lap». www.catholicnews.com. Consultado em 1 de janeiro de 2009 
  21. Willan, Philip. «No more shortcuts on Pope John Paul's road to Sainthood». Sunday Herald. Consultado em 1 de janeiro de 2009 
  22. a b Westcott, Kathryn (2 de abril de 2007). «Vatican under pressure in John Paul push». BBC News. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 9 de fevereiro de 2014 
  23. «Boy Walks after Praying at John Paul II's Grave – World – Javno». www.javno.com. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 27 de julho de 2013 
  24. «Wheelchair-boy 'miraculously walks again' at memorial visit to tomb of Pope John Paul II». The Daily Mail. UK. Consultado em 1 de janeiro de 2009 
  25. «Blessed John Paul II? - Catholic.net». ncregister.com. Consultado em 7 de março de 2011 
  26. «Wheelchair Boy 'Can Walk Thanks to Pope' [Eire Region] – Daily Mail – vLex United Kingdom». vlex.co.uk. Consultado em 1 de janeiro de 2009 
  27. «Wheelchair-Bound Boy Walks Again After Visit to Pope John Paul II Tomb | HULIQ». www.huliq.com. Consultado em 1 de janeiro de 2009 
  28. a b «Pope John Paul II's Sainthood on Fast Track – The World Newser». blogs.abcnews.com. Consultado em 18 de novembro de 2009 
  29. a b «Catholic Culture : Latest Headlines : Beatification looms closer for John Paul II». www.catholicculture.org. Consultado em 18 de novembro de 2009 
  30. «Promulgazione di decreti della Congregazione delle Cause dei Santi». press.catholica.va 
  31. «Nota informativa della Congregazione delle Cause dei Santi circa l'iter della causa di beatificazione del venerabile servo di Dio Giovanni Paolo II (Karol Wojtyła)». press.catholica.va 
  32. «Dichiarazione del direttore della Sala Stampa della Santa Sede, P. Federico Lombardi, s.i., sulla data di beatificazione del venerabile servo di Dio Giovanni Paolo II». press.catholica.va 
  33. «Pope paves way to beatification of John Paul II». bbc.news.co.uk. 14 de janeiro de 2011. Consultado em 14 de janeiro de 2011. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2014 
  34. L'Osservatore Romano, n. 3, 15 de Janeiro de 2011, ed. sem. português
  35. «Pope stared down Communism in homeland - and won». Religion News Service. CBC News Online. Abril de 2005. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 6 de janeiro de 2009 
  36. Bottum, Joseph (18 de abril de 2005). «John Paul the Great». Weekly Standard. pp. 1–2. Consultado em 1 de janeiro de 2009. Cópia arquivada em 6 de julho de 2009 
  37. «Pope John Paul II's body exhumed ahead of beatification». MSNBC. Consultado em 30 de abril de 2011. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2011 
  38. «Matteo Setti Official Site». matteosetti.com. Consultado em 27 de julho de 2011. Cópia arquivada em 6 de junho de 2013 
  39. «Folha.com - Mundo - Música em tributo a João Paulo 2º terá trechos de seu discurso - 27/04/2011». Consultado em 27 de julho de 2011. Cópia arquivada em 16 de maio de 2011 
  40. «Giovanni Paolo II Beato, l'annuncio di Benedetto XVI». corriere.it. Consultado em 1 de maio de 2011. Cópia arquivada em 15 de junho de 2014 
  41. «João Paulo 2º é proclamado beato por Bento XVI em Roma». Folha de S. Paulo. Consultado em 1 de maio de 2011. Cópia arquivada em 15 de junho de 2014 
  42. «João Paulo II é beatificado diante de milhares de fiéis em cerimónia no Vaticano». O Globo. Consultado em 1 de maio de 2011. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2013 
  43. «"Gold coin marks beatification of John Paul II - Boston.com"». Boston.com. 30 de março de 2011. Consultado em 9 de março de 2012. Cópia arquivada em 6 de novembro de 2013 
  44. «Caixão de João Paulo II é transferido para capela de São Sebastião». UOL. Consultado em 26 de dezembro de 2012. Cópia arquivada em 25 de abril de 2014