Abrir menu principal

Benedito Geraldo Ferraz Gonçalves

Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo historiador brasileiro, veja Geraldo Ferraz de Sá Torres Filho.

Benedito Geraldo Ferraz Gonçalves, publicamente conhecido como Geraldo Ferraz (Campos Novos Paulista, 19051979), foi um escritor, jornalista e crítico literário brasileiro. Fez parte do movimento modernista junto com Oswald de Andrade e Raul Bopp, participando como secretário da Revista de Antropofagia em 1929. Em 1933 fundou o jornal O Homem Livre e, juntamente com Mário Pedrosa, Patrícia Galvão, Hilcar Leite e Edmundo Moniz, participou do jornal a Vanguarda Socialista durante os anos de 1940-46, foi também fundador do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo [1].

Trabalhou nos jornais A Tribuna de Santos, O Estado de S. Paulo, Folha da Noite e Diário da Noite. Fundou e foi secretário do Correio da Tarde. Casado com Patrícia Rehder Galvão (Pagú) com quem teve um filho, Geraldo Galvão Ferraz.

Adaptação ao cinemaEditar

Em 1978 teve seu romance Doramundo adaptado para o cinema numa premiada versão. Com direção de João Batista de Andrade, o filme mostra a mudança provocada na rotina e no comportamento dos habitantes de uma pequena cidade ferroviária do interior de São Paulo por uma sucessão de mortes estranhas. A Companhia que explora a estrada de ferro resolve intervir temendo a repercussão jornalística dos acontecimentos. O roteiro teve a versão inicial feita por Vladimir Herzog.

ObrasEditar

  • A Famosa Revista - Romance 1945 (em colaboração com Patrícia Galvão). Ed. América
  • Doramundo - Romance 1956. Capa e ilustrações Lívio Abramo. Centro de Estudo Fernando Pessoa de Santos
  • Depois de Tudo- Biografia 1983. Paz e Terra
  • O Empolgante Caso do Romance Policial. Abril Cultural
  • Guernica Poema Vozes do Quadro de Picasso - Poesia. Editora: Massao Ohno, 1962.
  • Km 63 - Conto - 1979
  • Retrospectiva - Figuras Raízes e Problemas da Arte Contemporânea. Cultrix, 1975.
  • Viva Pagu : Fotobiografia de Patrícia Galvão Lúcia Mª Teixeira Furlani & Geraldo Galvão Ferraz. Editora: Imesp,2010.
  • Warchavchik e a introdução da nova arquitetura no Brasil: 1925 a 1940 Editora: Museu de Arte de São Paulo, 1965. Prefácio de P. M. Bardi
  • Wega Liberta em Arte - (1954-1974). 1975, Ed São Paulo.
  • 50 Xilogravuras Lasar Segall. Miranda, Murilo/ Ferraz, Geraldo/Drummond de Andrade. Ed. Record,1967

ReferênciasEditar

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar

Referências