Abrir menu principal
Bona
Senhora de Houdain
Duquesa da Borgonha
Reinado 30 de novembro de 142417 de setembro de 1425
Antecessor(a) Micaela de Valois
Sucessor(a) Isabel de Portugal
Condessa de Nevers, Artois e Flandres
Reinado 20 de junho de 141325 de outubro de 1415
Predecessor Isabel de Coucy
Sucessor Maria d'Albret
 
Cônjuge Filipe II de Nevers
Filipe III de Borgonha
Descendência Carlos I de Nevers
João II de Nevers
Casa Artois
Valois-Borgonha (por casamento)
Nascimento 1395/96
Morte 17 de setembro de 1425 (30 anos)
  Dijon, Côte-d'Or, França
Enterro Mosteiro de Champmol
Pai Filipe de Artois
Mãe Maria de Berry

Bona de Artois (1395/96Dijon, 17 de setembro de 1425)[1][2] foi uma nobre francesa. Ela foi condessa de Nevers, Artois e Flandres pelo seu primeiro casamento com Filipe II de Nevers, e posteriormente, duquesa da Borgonha pelo seu segundo casamento com Filipe III de Borgonha. Também foi suo jure senhora de Houdain, e regente de Nevers de 1415 a 1424.

Índice

FamíliaEditar

Bona foi a primeira filha, terceira e penúltima criança nascida de Filipe de Artois, conde d'Eu e de Maria de Berry, duquesa da Auvérnia. Seus avós paternos eram João de Artois, conde d'Eu e Isabel de Melun. Seus avós maternos eram João de Berry, duque de Berry e Auvénia, e Joana de Armagnac. Através de seu avô materno, Bona era bisneta do rei João II de França e de Bona de Luxemburgo.

Ela teve três irmãos por parte de pai e mãe: Filipe, Carlos de Artois, Conde d'Eu, e Catarina, esposa de João de Bourbon, Senhor de Carency.

Pelo terceiro casamento de sua mãe com João I, Duque de Bourbon, teve três meio-irmãos: Carlos I, Duque de Bourbon, marido de Inês da Borgonha, Luís, e o conde Luís I de Montpensier, esposa de Joana de Clermont-Sancerre, delfina de Auvérnia.

BiografiaEditar

Bona sucedeu a sua tia, Joana de Artois, como senhora de Houdain.

Em 12 de março de 1413, foi assinado o contrato de casamento entre Bona e o conde Filipe II, em Paris. Ele era filho de Filipe II da Borgonha e de Margarida III da Flandres. Eles se casaram em 20 de junho daquele ano, no Castelo de Beaumont-en-Argonne, ou em Beaumont-en-Artois.

O casal teve dois filhos. Filipe faleceu durante a Batalha de Azincourt, na data de 25 de outubro de 1415.

Devido a minoridade de seu filho primogênito, Carlos, a condessa tornou-se regente do condado em seu nome, posição ocupada de 1415 a 1424.

Entre 1413 e 1423, Bona fundou um mosteiro da Ordem das Clarissas, no castelo dos condes de Nevers, na comuna de Decize. [3]

Após quase dez anos de viuvez, a condessa casou-se com o sobrinho de seu falecido marido, o conde Filipe III de Borgonha, em 30 de novembro de 1424, em Moulins-Engilbert. O conde era filho de João, Duque da Borgonha e de Margarida da Baviera.

Eles não tiveram filhos. Bona faleceu no dia 17 de setembro de 1425, em Dijon, e foi enterrada no Mosteiro de Champmol.

DescendênciaEditar

  • Carlos I de Nevers (1414 – maio de 1464), sucessor do pai. Foi marido de Maria d'Albret, mas não teve filhos;
  • João II de Nevers (25 de outubro de 1415 – 25 de setembro de 1491), sucessor do irmão. Foi primeiro casado com Jaqueline d'Ailly, com quem teve dois filhos; depois foi marido de Paula de Brosse, com quem teve uma filha, e por fim, foi esposo de Francisca d'Albret. Também teve quatro filhos ilegítimos de duas amantes diferentes.

Referências

  1. «Foundation for Medieval Genealogy». fmg.ac 
  2. «Geneee». geneee.org 
  3. «The Freelance History Writer». hefreelancehistorywriter.com