Bram Tchaikovsky

Bram Tchaikovsky (nascido Peter Bramall, Lincolnshire, em 10 de novembro de 1950) é um cantor e músico inglês[1]. Segundo Chris Woodstra, em sua biografia no Allmusic, Bram Tchaikovsky começou em bandas de pub rock de sua cidade natal, se juntando ao The Motors em 1977 e por pouco tempo. Sua banda mostrou uma grande promessa com seu primeiro álbum, Strange Man, Changed Man, se encaixando perfeitamente com o movimento crescente do power pop. O inesquecível "Girl of My Dreams", um verdadeiro ponto alto da época, tornou-se um hit em ambos os lados do Atlântico[2].

Bram Tchaikovsky
Informação geral
Nome completo Peter Bramall
Nascimento 10 de novembro de 1950 (70 anos) Lincolnshire, Inglaterra
País  Inglaterra
Gênero(s) Power pop, pop rock, new wave
Instrumento(s) Guitarra, Violão, Teclados
Período em atividade 1978 - 1981
Gravadora(s) Criminal Records, Radar Records, Polydor Records, Arista Records, Rhino Records

HistóriaEditar

Bram começou a tocar guitarra na adolescência, em um grupo de meados da década de 1960. Na década de 1970, ele formou o All-Time Heroes com James Roper tocando baixo, Majo tocando teclados e Keith Line tocando bateria. Eles gravaram algumas demos e saíram em turnê.

Em fevereiro de 1977, Bram Tchaikovsky fez o teste para o The Motors e, apesar de ter falhado na primeira audição, logo foi chamado. Em 1978, enquanto Andy McMaster e Nick Garvey lideravam o Motors, Bram se junta a Mike Broadbent (baixo, guitarra e teclados) e Keith Boyce (bateria) para gravar um single, "Sarah Smiles", com produção de Nick Garvey e lançado pela Criminal Records. Assinam com a Radar Records[1], que também contratara Elvis Costello e Nick Lowe[3].

Com o trio Bram, Mike e Keith, se autodenominando Bram Tchaikovsky, começam a gravar o álbum de estreia, Strange Man, Changed Man, em novembro e dezembro de 1978 e janeiro de 1979. Mike Oldfield se juntou a eles para tocar sinos tubulares em "Girl of My Dreams", que entrou no Top 40 dos Estados Unidos (segundo a Billboard, #37 em 1 de setembro de 1979 e descendo a #99 em 22 de setembro de 1979[4]). O coprodutor Nick Garvey forneceu alguns backing vocals e baixo em "Lady From The USA". Peter Ker e os integrantes do Bram Tchaikovsky coproduziram o álbum com Garvey. A música "Sarah Smiles" também foi adicionada ao disco[1].

Bram Tchaikovsky ainda continuou, através de mudanças rápidas de pessoal, para gravar mais dois álbuns: The Russians Are Coming (lançado com o nome de Pressure nos Estados Unidos[5]; embora um EP tenha sido lançado na Inglaterra com o mesmo nome e capa, sendo uma compilação de músicas de 1979 e 1980[6]) em 1980, e Funland, em 1981. Uma queda considerável de vendas levou Bram Tchaikovsky a dissolver a banda e se retirar do mundo da música[2].

DiscografiaEditar

ÁlbunsEditar

  • Strange Man, Changed Man (1979) - Radar Records (UK) e Polydor Records (EUA)
  • The Russians Are Coming (1980) - Radar Records (UK)
  • Pressure (1980) - Polydor Records (edição do álbum The Russians Are Coming nos EUA)
  • Funland (1981) - Arista Records (UK/EUA)

EPEditar

  • Pressure (1980) - Radar Records (lançado apenas na Inglaterra. A: "Pressure", "Mr. President", "New York Paranoia" / B: "Rock And Roll Cabaret", "Strange Man, Changed Man", "Lonely Dancer")

Singles (UK)Editar

  • 12", A: "Sarah Smiles", "Turn On The Light" / B: "Bloodline" (1978) - Criminal Records
  • 7", A: "Sarah Smiles" / B: "Turn On The Light" (1978) - Criminal Records
  • 7", A: "Turn On The Light" / B: "Bloodline" (1978) - Criminal Records
  • 12", A: "Goodnight Ladies (Lullaby of Broadway)" / B: "Rock 'N' Roll Cabaret", "(Who Wants To Be A) Criminal" (1979) - Criminal Records
  • 7", A: "Lullaby of Broadway" / B: "(Who Wants To Be A) Criminal" (1979) - Criminal Records
  • 7", A: "I'm The One That's Leaving" / B: "Amelia" (1979) - Radar Records[7]
  • 7", A: "I'm The One That's Leaving" / B: "Amelia" (1979) - Radar Records (picture disc)[8]
  • 7", A: "Girl of My Dreams" / B: "Come Back" (1979) - Radar Records
  • 2 X 7" Disco 1, A: "Girl of My Dreams" / B: "Come Back" - Disco 2, A: "Robber" / B: "Whiskey And Wine" (1979) - Radar Records
  • 7", A: "Let's Dance" / B: "Rock And Roll Cabaret" (1980) - Radar Records
  • 7", A: "Shall We Dance" / B: "Miracle Cure" (1981) - Arista Records[9]
  • 7", A: "Breaking Down The Walls of Heartache" / B: "Egyptian Mummies" (1981) - Arista Records

Singles promocionais não listados.

Singles (EUA)Editar

  • 7", A: "Girl of My Dreams" / B: "Sarah Smiles" (1979) - Polydor Records
  • 7", A: "Let's Dance" / B: "Hollywood Nightmare" (1980) - Polydor Records

Singles promocionais não listados.

Músicas em coletâneas de power popEditar

Referências

  1. a b c «Bram Tchaikovsky's Strange Man, Changed Man» (em inglês). Unterzuber. 1 páginas. Consultado em 26 de outubro de 2013 
  2. a b Woodstra, Chris. «Artist biography by Chris Woodstra» (em inglês). Allmusic. 1 páginas. Consultado em 26 de outubro de 2013 
  3. «Radar Records» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 26 de outubro de 2013 
  4. «Bram Tchaikovsky» (em inglês). Billboard. 1 páginas. Consultado em 26 de outubro de 2013 
  5. «Bram Tchaikovsky ‎– Pressure» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 26 de outubro de 2013 
  6. «Bram Tchaikovsky ‎– Pressure, EP» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 26 de outubro de 2013 
  7. «"I'm The One That's Leaving", single» (em inglês). 45cat. 1 páginas. Consultado em 26 de outubro de 2013 
  8. «"I'm The One That's Leaving", picture single» (em inglês). 45cat. 1 páginas. Consultado em 26 de outubro de 2013 
  9. «"Shall We Dance", single» (em inglês). 45cat. 1 páginas. Consultado em 26 de outubro de 2013 

Ligações externasEditar