Abrir menu principal
Uma ampliação de grãos imersos em água quente durante a fase de brassagem para a produção de cerveja.

Em fermentação e destilação, brassagem é o processo de combinação de uma mistura de grãos (normalmente malte de cevada com o complemento de grãos , como milho, sorgo, centeio ou trigo), conhecido como o "grãos de lei", e água, denominada como "licor", sendo esta mistura aquecida. A brassagem é um tipo de maceração. A brassagem permite que as enzimas do malte quebrem o amido dos grãos em açúcares, normalmente a maltose, para criar um líquido maltado chamado de mosto. Existem dois métodos principais—brassagem de infusão, em que os grãos são aquecidos em um vaso; e brassagem de decocção, em que uma proporção dos grãos estão cozidos e, em seguida, voltam para a brassagem, aumentando a temperatura. A brassagem envolve pausa em determinadas temperaturas (em geral, 45–62–73 °C ou 113–144–163 °F), e ocorre num local chamado de "cuba de mosto"—um recipiente lacrado para fabricação de cerveja com um fundo falso. O produto final de brassagem é chamado de "mosto".

EtimologiaEditar

O termo "macerar" provavelmente se origina do substantivo do inglês antigo masc, que significa "mistura macia", e o do verbo mæscan que significa "misturar com água quente". O uso do termo para referir-se a "qualquer coisa reduzida a uma polpa de consistência macia" é registrada desde o final do século 16.[1]

Cuba de mostoEditar

 
Vista Interior de uma cuba de mosto em uma destilaria de uísque tipo escocês, mostrando o mecanismo de agitação.

A cuba de mosto é o local onde ocorre a maceração dos grãos da cerveja.

 
Uma cuba de mosto vazia  mostrando o misturador de mosto integrado.

ReferênciasEditar

  1. «mash | Origin and meaning of mash by Online Etymology Dictionary». www.etymonline.com (em inglês). Consultado em 2 de julho de 2018