Abrir menu principal
14o Batalhão Territorial de Defesa da República Popular de Lugansk
Flag of the Ghost Brigade.svg
Insígnia da Brigada Prizrak
País República Popular de Lugansk,Predefinição:Country data NovorossiyaEstado Federal da Nova Rússia
Corporação Exército de Lugansk
Missão Infantaria
Logística
Efetivo c. 3 mil tropas (2014)[1]
Comando
Comandante Iuri Shevtchenko[2]
Comandantes
notáveis
Aleksei Mozgovoi[2]

O 14o Batalhão Territorial de Defesa da República Popular de Lugansk (em russo: 14-й батальон территориальной обороны ЛНР), popularmente conhecido como Brigada Prizrak ou Brigada Fantasma (em russo: Бригада «Призрак») é uma unidade de infantaria da República Popular de Lugansk.[3]

HistóriaEditar

A Brigada Prizrak foi estabelecida em 2014, após grupos pró-russos durante as tensões do Euromaidan ocuparem o prédio da Administração Estadual Regional em Lugansk. Começou como um simples pelotão, mas em agosto de 2014 tornou-se um batalhão conforme o número de soldados chegou a mil.[4] Em dezembro do mesmo ano, o comandante Alexei Mozgovoy alegou que o contingente da brigada chegava a três mil soldados.[1] O batalhão teve destaque na Batalha de Debaltsevo, em que tomou controle da parte oriental da cidade.[5] Em 23 de maio de 2015, Mozgovoi foi morto em uma emboscada entre Lugansk e Altchevsk.[6][7] A República Popular de Lugansk atribuiu o ataque a sabotadores indefinidos através de seu serviço de imprensa,[8] enquanto a Brigada afirmou que comandos ucranianos foram responsáveis.[9]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Luhn, Alec (22 de dezembro de 2014). «The People's Court of Eastern Ukraine». The Nation (em inglês). Consultado em 20 de maio de 2018. Cópia arquivada em 19 de outubro de 2017 
  2. a b «Юрий Шевченко впервые рассказал подробности гибели Мозгового» Iuri Shevtchenko vperye rasskazal podrobnosti gibeli Mozgovogo. Novorossia (em russo) 
  3. Pustovoi, Mikhail (6 de novembro de 2017). «На позициях "Призрака" (репортаж журналиста, который прикинулся добровольцем в ЛНР)» Na pozitsiakh "Prizraka" (reportaj jurnalista, kotory prikinulsia dobrovoltsem v LNR). Novye Izvestia (em russo). Consultado em 20 de maio de 2018 
  4. «Мозговой штурм: раскол в рядах луганских ополченцев» Mozgovoi shturm: raskol v riadakh luganskikh opoltchentsev. Komsomolskaia Pravda (em russo). Consultado em 20 de maio de 2018. Cópia arquivada em 10 de outubro de 2014 
  5. «Аналитик: ополченцы могут скоро ликвидировать "котел" в Дебальцево» Analitik: opoltchentsy mogut skoro likvidirovat "kotel" v Debaltsevo. RIA Novosti (em russo). 2 de fevereiro de 2015. Consultado em 20 de maio de 2018 
  6. «Commander of 'Ghost' brigade (LPR Army) Aleksey Mozgovoy was assassinated» 
  7. «Ukraine crisis: Rebel commander Alexei Mozgovoi 'killed'» 
  8. «Russian-backed military commander assassinated after speaking out against cease-fire» 
  9. «Ukrainian separatist warlord assassinated by land-mine». The Telegraph 
  Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.