Abrir menu principal

Bruno Felipe Claudino de Santana (Olinda, 27 de fevereiro de 1982) é um handebolista brasileiro, que atua como armador central.Atualmente morando em sua terra natal.[1]

Trajetória desportivaEditar

Começou a jogar handebol aos nove anos no Colégio Bairro Novo.[2] Em 1999, aos 15 anos, participou dos Jogos da Juventude, sendo convidado para jogar no Esporte Clube Pinheiros pelo técnico Sérgio Hortelan.[2] Ele ficou no time até 2004 e, depois de uma passagem pelo rival São Caetano, voltou ao Pinheiros.[1]

Foi um dos destaques no Campeonato Mundial Júnior de 2003, o que garantiu sua participação na seleção adulta que foi aos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004.[2] Em Atenas, Bruno era o jogador era o mais jovem da delegação.[1]

Conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2007 no Rio de Janeiro.[2] Foi aos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008,[1] onde a seleção obteve a décima primeira colocação.[2] Ganhou medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de 2011 em Guadalajara e medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2015 em Toronto.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  Este artigo sobre um(a) handebolista, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.