Câncer de vesícula biliar

Câncer de vesícula biliar
Especialidade oncologia
Classificação e recursos externos
CID-10 C23-C24
CID-9 156
DiseasesDB 30714
MeSH D005706
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

Câncer de vesícula biliar (português brasileiro) ou cancro da vesícula biliar (português europeu) é um tipo relativamente incomum de câncer. Se é diagnosticado precocemente, pode ser curado com a remoção da vesícula biliar (colecistectomia). Geralmente é encontrado após o aparecimento de sintomas como dor abdominal e icterícia, e após ter se espalhado para outros órgãos, como o fígado.

Fatores de riscoEditar

  • Sexo e idade: As mulheres são mais afetadas que os homens, geralmente entre as idades de 50 e 60 anos.
  • A obesidade aumenta o risco para o câncer de vesícula biliar.
  • O carcinoma primária está relacionado à colecistite e colelitíase.
  • O álcool é um fator de risco".[1][2]

TratamentoEditar

Se descoberto precocemente, o câncer é tratado cirurgicamente, com a remoção da vesícula biliar (colecistectomia) e dissecção dos linfonodos. Além da cirurgia pode ser utilizado quimioterapia e radioterapia.

Referências

  1. Ji, J; Hemminki K (2005). «Variation in the risk for liver and gallbladder cancers in socioeconomic and occupational groups in Sweden with etiological implications». Int Arch Occup Environ Health. 78 (8): 641-9. PMID 16001211. Consultado em 28 de maio de 2007 
  2. Ji J, Couto E, Hemminki K. Incidence differences for gallbladder cancer between occupational groups suggest an etiological role for alcohol Int J Cancer 2005 Sep 1;116(3):492-3.