César I Gonzaga

Disambig grey.svg Nota: Para outro soberano homónimo, veja César II Gonzaga.

César I Gonzaga (em italiano: Cesare I Gonzaga; 1530Guastalla, 15 de fevereiro de 1575) foi um nobre italiano, membro do ramo de Guastalla da Casa de Gonzaga, e que foi segundo Conde de Guastalla de 1557 até à sua morte.

César I Gonzaga
Conde de Guastalla
Ritratto di Cesare I Gonzaga.png
Retrato de César I Gonzaga
Reinado 1557-1575
Consorte Camila Borromeo
Casa Casa Ducal de Guastalla
Dinastia Família Gonzaga, ramo Gonzaga-Guastalla
Nascimento 1530
  Mântua, Coat of arms of the House of Gonzaga (1575).svg Ducado de Mântua
Morte 15 de fevereiro de 1575 (45 anos)
  Guastalla, Coat of arms of the House of Gonzaga-Guastalla.svg Condado de Guastalla
Filho(s) Ferrante II de Guastalla;
Margarida, Duquesa de Sabioneta;
Hipólita (ileg.).
Pai Ferrante I Gonzaga
Mãe Isabel de Cápua

BiografiaEditar

Era membro do ramos dos Gustalla da prestigiosa casa de Gonzaga, primogénito do condottiero imperial Ferrante I Gonzaga e de Isabella de Cápua. De sua mãe viria a herdar o título pessoal de Duque de Amalfi. Foi também Duque de Ariano e Príncipe de Molfetta.

A 21 de maio de 1558 o rei Filipe II nomeia-o comandante em chefe das tropas espanholas na Lombardia.

César Gonzaga foi também um membro da Accademia delle Notti Vaticane, um círculo literário pontifício que se reunia no Casino di Pio IV, localizado no Vaticano.

Foi um homem de cultura e, a sua faustosa habitação de Mântua, situada num local agora ocupado pela Piazza Dante e pelo Palazzo dell’Accademia Virgiliana, era constantemente visitada por escritores e artistas, ele colecionou mármores, bronzes medalhas e pinturas.

 
Palácio da Accademia, Mântua.

Ele mesmo fundou uma associação literária, a Accademia degli Invaghiti [1], com sede em Mântua.

Entre 1567 e 1568 transfere a sua própria corte de Mântua para Guastalla, onde permanece até à sua morte, recorrendo a Francesco da Volterra como arquiteto e engenheiro dos seus projetos.

Uma das suas famosas amantes foi Diana Folch de Cardona, que rompe o relacionamento para casar com Vespasiano I Gonzaga, Duque de Sabioneta[2].

Ao morrer, sucede-lhe o seu filho Ferrante II.

Casamento e descendênciaEditar

A 12 de março de 1560 casou com Camilla Borromeo, irmã de S. Carlos Borromeo e sobrinha de Giovanni Angelo de Médici, que fora eleito Papa pouco tempo antes com o nome de Pio IV.

Do seu casamento com Camila Borromeo, César teve dois filhos:

Teve também uma filha natural:

  • Hipólita (Ippolita).

Ver tambémEditar

BibliografiaEditar

  • Maria Losito, Pontificia Accademia delle Scienze: La Casina Pio IV in Vaticano, Casina Pio IV, 00120 Città del Vaticano: Pontificia Accademia delle Scienze, pág. 300, 2005.
  • Giuseppe Coniglio, I Gonzaga, Varese, Dall'Oglio, 1967
  • Edward Burman, Italian Dynasties, Butler & Tanner Limited, 1989, ISBN 1-85336-005-8

Ligações externasEditar

ReferênciasEditar

  1. em português “Academia dos apaixonados”
  2. Sabbioneta, città ideale.


César I Gonzaga
Nascimento: 1530 Morte: 15 de fevereiro 1575
Precedido por
Ferrante I Gonzaga
 
Conde de Guastalla
Príncipe de Molfetta

1557 - 1575
Sucedido por
Ferrante II Gonzaga