CS-2B
Localização orbital 136° E
Lançamento 05 de agosto de 1983 (37 anos)
Veículo N-2 Star-37E
Operador JapãoNASDA
JapãoTSCJ
Vida útil 3 anos
Fabricante Mitsubishi Electric (MELCO) (prime)
Ford Aerospace (bus)
Cobertura Japão
Órbita Geoestacionária
Peso 670 kg
Designação COSPAR 1983-081A

O CS-2B ou Sakura 2B foi um satélite de comunicação geoestacionário experimental japonês construído pelas empresas Mitsubishi Electric e Ford Aerospace, ele esteve localizado na orbital de 136 graus de longitude leste e foi operado inicialmente pela National Space Development Agency (NASDA) e posteriormente pela Telecommunications Satellite Company of Japan (TSCJ).[1][2][3]

HistóriaEditar

O CS-2A e 2B (Communications Satellite 2a e 2b), rebatizado Sakura 2A e 2B foram à segunda geração de satélites de comunicação japoneses. Eles foram usados para operações de comunicações públicas e para as operações de cooperação, tais como transmissões de emergência durante desastres e comunicações com ilhas japonesas distantes. Eles também foram fundamentais para o desenvolvimento de novas tecnologias de comunicação.

O CS-2B ou Sakura 2B foi lançado pela Agência de Desenvolvimento Espacial Nacional do Japão (NASDA) em um foguete N-2 Star-37E a partir do Centro Espacial de Tanegashima. Ele era usado como um satélite reserva em órbita para o CS-2A.[1][2][3]

LançamentoEditar

O satélite foi lançado com sucesso ao espaço no dia 05 de agosto de 1983, por meio de um veículo N-2 Star-37E, laçando a partir da Centro Espacial de Tanegashima, no Japão.[1][2]

Capacidade e coberturaEditar

O CS-2B era equipado com 4 transponders em banda Ka (30/20 GHz) para prestar serviços via satélite ao Japão.[1][2]

Veja tambémEditar

Referências

  1. a b c d «CS 2a, 2b (Sakura 2a, 2b)» (em inglês). Gunter's Space Page. Consultado em 24 de fevereiro de 2014 
  2. a b c d «Sakura 2B - the NSSDC!» (em inglês). NASA. Consultado em 24 de fevereiro de 2014 
  3. a b «Sakura 2B» (em inglês). TSE. Consultado em 24 de fevereiro de 2014