Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o filme. Para a aventureira que inspirou o filme, veja Jane Calamidade.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Calamity Jane
No Brasil Ardida como Pimenta
Em Portugal Diabruras de Jane
 Estados Unidos
1953 •  cor •  101 min 
Direção David Butler
Roteiro James O'Hanlon
Elenco Doris Day
Howard Keel
Allyn Ann McLerie
Género comédia musical
faroeste
Idioma língua inglesa
Página no IMDb (em inglês)

Calamity Jane (bra: Ardida como Pimenta[1]; prt: Diabruras de Jane[2]) é um um filme estadunidense de 1953, dos gêneros comédia, musical e faroeste, dirigido por David Butler.

A trama explora o romance de dois lendários aventureiros do Velho Oeste: Jane Calamidade (Calamity Jane) e Wild Bill Hickok. O filme foi uma resposta da Warner Brothers ao sucesso do musical Annie Get Your Gun (Annie Oakley). Doris Day canta Secret Love, Oscar de melhor canção, e um dos grandes hits românticos da década de 1950.

SinopseEditar

 
Calamity Jane e Wild Bill Hickok no trailer do filme

O filme se passe em Deadwood Stage, um lugar de garimpeiros e vaqueiros arruaceiros, numa época em que os índios estavam em pé de guerra. O dono do saloon Golden Garter resolve tentar contratar uma famosa cantora da época, Adelaide Adams de Chicago, para substituir Frances Fryer, que deixara o local. Incumbe Calamity Jane de viajar e trazer a cantora.

Calamity é uma rude aventureira, com linguagem descuidada, roupas masculinizadas, armada e sempre coberta de poeira, o que esconde sua beleza. Para os homens, principalmente seus amigos Danny Gilmartin e Wild Bill Hickok, ela é um deles, ainda mais quando as conversas são sobre armas, índios ou cavalos.

Quando chega no teatro em Chicago, Calamity se engana e confunde Adelaide com a sua criada, Katie Brown, quando vê esta cantando. Convidando Brown, ela aceita e chega à cidade. Mas no seu primeiro show, logo é descoberto que Katie não é Adelaide. Katie é quase morta, mas é protegida por Calamity Jane, que pede para que a deixem cantar, pois, segundo ela, é também uma grande cantora. Com a proteção de Calamity, Katie consegue se apresentar e faz muito sucesso.

Calamity e Katie se tornam amigas. Calamity conta a ela sua paixão secreta pele tenente Danny Gilmartin. Katie resolve ajudar Calamity, emprestando-lhe uns vestidos e ensinando-a a se comportar como dama. Mas as coisas não saem como elas querem, pois Kate se apaixona por Gilmartin, o que logo é descoberto por Calamity, que se sente traída. Mas quando tudo parece ir mal para a aventureira, ela encontra uma nova paixão.

ElencoEditar

Referências

  1. Ardida como Pimenta no CinePlayers (Brasil)
  2. Diabruras de Jane no DVDPT (Portugal)
  Este artigo sobre um filme de faroeste é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.