Caraje[1] (do grego antigo karakia, através do siríaco, e incorporado na língua árabe como kh-r-j, em língua turca: haraç) é um imposto imobiliário sobre a posse de terras, inicialmente aplicado às terras que os dhimmis detinham. O imposto não é baseado no Corão nem sobre nenhum hádice, mas sobre um ijma, consenso de teólogos-juristas especialistas de direito muçulmano. Progressivamente o termo adquiriu o significado geral de imposto.[2]

Artigos relacionadosEditar

Referências

  1. Alves 2014, p. 366.
  2. Encyclopaedia of Islam, IV, p. 1030 a 1056

BibliografiaEditar

  • Alves, Adalberto (2014). Dicionário de Arabismos da Língua Portuguesa. Lisboa: Leya. ISBN 9722721798 
  Este artigo sobre economia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.