Abrir menu principal

Carl von Linde

professor académico alemão
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2011). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Carl von Linde
Carl von Linde, 1868
Nascimento 11 de junho de 1842
Berndorf
Morte 16 de novembro de 1934 (92 anos)
Munique
Sepultamento Waldfriedhof de Munique
Nacionalidade Alemão
Cidadania Alemanha
Alma mater Instituto Federal de Tecnologia de Zurique, Universidade Técnica de Munique
Ocupação engenheiro, físico, professor universitário
Prêmios Medalha Grashof (1897), Medalha Elliott Cresson (1914)[1], Anel Werner von Siemens (1916), Medalha Wilhelm Exner (1922)
Empregador Universidade Técnica de Munique
Orientador(es) Gustav Zeuner, Franz Reuleaux e Rudolf Clausius
Orientado(s) Hans Lorenz
Campo(s) Física e engenharia

Carl Paul Gottfried von Linde (Berndorf, 11 de junho de 1842Munique, 16 de novembro de 1934) foi um físico e engenheiro alemão.

Desenvolveu os princípios para a tecnologia moderna de refrigeração.

Em 1871 inventou um sistema que trabalhava com éter metílico enquanto trabalhava em Augsburg. A segunda geração de refrigeradores trabalhava com nitrogénio. Ambos sistemas utilizavam o princípio de arrefecimento a gás; até então, o arrefecimento era conseguido mecanicamente. Em 1894, a pedido da cervejaria Guinness, desenvolveu um revolucionário método de arrefecimento (técnica de Linde) para a liquefação de grandes quantidades de ar. A técnica de Linde era baseada nas investigações de James Prescott Joule e William Thomson e na introdução da técnica de contra-corrência: o ar é sugado para uma máquina que o irá comprimir, pré-arrefecer, e descomprimir; neste ponto arrefecerá bastante. No método da contra-corrência, o ar que foi arrefecido é utilizado para arrefecer mais ar comprimido que, por sua vez, irá arrefecer o próximo volume de ar, e assim sucessivamente. A repetição contínua deste processo irá fazer descer a temperatura suficientemente até o ar se liquefazer. Foram os trabalhos de Linde que permitiram aos cientistas de hoje o estudo da criogenia e da separação dos elementos do ar liquefeito através da destilação fraccional.

Está sepultado no Waldfriedhof de Munique.

PatentesEditar

  • US727650 (em português) - 12 de maio de 1903 -- Processamento de oxigénio Linde
  • US728173 (em português) - 12 de maio de 1903 -- Equipamento para o processamento de oxigénio Linde
  • US795525 (em português) - 25 de julho de 1905 -- Equipamento para o processamento de oxigénio e nitrogénio Linde

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Laureates» (em inglês). The Franklin Institute. Consultado em 1 de julho de 2015. Cópia arquivada em 1 de julho de 2015 

Ligações externasEditar