Carlos José de Arruda Botelho

político brasileiro
Carlos José de Arruda Botelho
Estátua no Parque da Aclimação, São Paulo.
Nascimento 14 de maio de 1855
Piracicaba
Morte 20 de março de 1947 (91 anos)
São Carlos
Cidadania Brasil
Ocupação político

Carlos José de Arruda Botelho mais conhecido como Carlos Botelho (Piracicaba, 14 de maio de 1855São Carlos, 20 de março de 1947), foi um médico, político, agricultor e colonizador brasileiro, primogênito de Antônio Carlos Botelho, o Conde do Pinhal.

Começou seus primeiros estudos no tradicional Colégio de Itu, dos jesuítas, em 1867. Nesse ano mudou-se para o Rio de Janeiro onde continuou os seus estudos cursando até o 2º ano da Faculdade de Medicina. Em 1875 viajou para a França, matriculando-se no 3º ano da Faculdade de Medicina de Paris, onde recebeu o grau de Doutor em Medicina, no ano de 1878, tendo-se especializado em cirurgia. Pouco depois de seu regresso da França, casou-se no Rio de Janeiro com Constança de Brito Souza Filgueiras.

No governo de Jorge Tibiriçá, Presidente do Estado de São Paulo de 1904 a 1908, ocupou a pasta da Secretaria da Agricultura, que então compreendia também as de Comércio, Obras Públicas, Viação, Navegação e Iluminação.[1]

Foi eleito senador por São Paulo em 1919, sendo reeleito em 1927.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Carlos Botelho». www.weber-ruiz.com  (biografia)
  2. ARANHA, A. C. B. S. Carlos Botelho: Nasceu no século XIX, viveu no XX e vislumbrou São Paulo do século XXI. [S. l.]: A.C.B. Souza Aranha, 2011. ISBN 9788591147403.

Ligações externasEditar