Abrir menu principal

Carlos Alberto Kirmayr (São Paulo, 23 de setembro de 1950) é um ex-tenista brasileiro.[1]É considerado por diversos analistas esportivos, críticos de tênis e antigos tenistas como um dos dez maiores tenistas brasileiros da Era Aberta.[2]

Tenista Carlos Kirmayr
País  Brasil
Residência São Paulo, Brasil
Data de nascimento 23 de setembro de 1950 (69 anos)
Local de nasc. São Paulo, Brasil
Altura 1,73 m
Peso 68 kg
Mão Destro
Prize money US$ 570,207 Fonte
Simples
Vitórias-Derrotas 134–161
Títulos 0
Melhor ranking Nº 36 (10 de agosto de 1981)
Open da Austrália não participou
Roland Garros Oitavas-de-final (1981)
Wimbledon 3ª rodada (1976, 81)
US Open 2ª rodada (1983)
Duplas
Vitórias-Derrotas 169–140
Títulos 10
Melhor ranking Nº 6 (24 de outubro de 1983)
Última atualização em: 20 de agosto de 2012.

CarreiraEditar

Carlos Kirmayr começou no Esporte Clube Banespa, quando tinha apenas quatro anos de idade. Depois, teve aulas nos clubes Clube de Regatas Tietê e Clube Atlético Indiano, sendo treinado neste último por Mário Perez. Com 11 anos de idade, tornou-se vice-campeão brasileiro de sua categoria.

Em 1969, aos 19, tentou a carreira fora do Brasil, jogando na Universidade de San Jose, na Califórnia. Estreou na Copa Davis em 1971. A partir de 1977 foi treinado por Paulo Cleto, que foi também seu capitão na Copa Davis.

Foi vice-campeão em Santiago, em 1976; vice no Cairo, em 1979; e, em Bogotá, em 1980. Foi campeão do Hollywood Classic, no Guarujá, em 1981, tendo que passar por Eddie Dibbs e Ilie Nastase (ambos entre os dez melhores do ranking da ATP). No mesmo ano, alcançaria sua melhor posição no ranking mundial (32°) e bateria John McEnroe, apenas dois meses antes de o bad boy se sagrar campeão de Wimbledon pela primeira vez.

Defendeu o Brasil na Copa Davis por 15 anos (de 1971 a 1987), foi o melhor brasileiro no ranking durante cinco anos e derrotou grandes nomes do tênis mundial, como Ivan Lendl, Ilie Nastase e John McEnroe. Jogando em duplas, Kirmayr chegou a 28 finais de torneios ATP e alcançou, ao lado de Cássio Motta, o posto de quinta melhor dupla do planeta. Em 1983, os dois tornaram-se os primeiros brasileiros a participarem do Masters. A competição foi disputada em Nova York.

Ao encerrar a carreira, Carlos Kirmayr tornou-se treinador de tênis. Foi capitão da equipe brasileira da Copa Davis e treinou a equipe britânica de Copa Davis, em 1986. De 1990 a 1995, foi o técnico da argentina Gabriela Sabatini, campeã do US Open em 1990 e finalista em Wimbledon. Treinou também Arantxa Sanchez e Conchita Martínez, somando 22 títulos de simples em cinco anos como técnico no circuito feminino. Treinou ainda Cássio Motta, Vanessa Menga, Cédric Pioline e Nicolas Pereira, entre outros.

É considerado como um dos melhores tenistas brasileiros de duplas de todos os tempos.

Ligações externasEditar

Referências

  1. Perfil na ATP
  2. «Os dez maiores tenistas brasileiros da Era Aberta». Esporte Final. Consultado em 5 de janeiro de 2016 
  Este artigo sobre tênis/ténis ou tenista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.