Abrir menu principal
Carlos de Passos
Nascimento 1890
Morte 1958 (68 anos)
Nacionalidade Portugal Português
Ocupação Historiador, jornalista e publicista
Prémios Prémio José de Figueiredo 1954

Carlos Fernandes de Passos (Porto, 24 de Dezembro de 1890 — Porto, 18 de Julho de 1958) foi um historiador, jornalista e publicista, que colaborou na monumental História de Portugal dirigida por Damião Peres e também nas revistas Terra portuguesa [1] (1916-1927) e Revista Municipal[2] da Câmara Municipal de Lisboa.[3]

BiografiaEditar

Nasceu na cidade do Porto, oriundo de uma família com raízes em Ponte de Lima, onde possuíam propriedades.

Foi historiador, investigador regionalista e escritor com vasta obra publicada, nomeadamente sobre Ponte de Lima. Foi também vice-presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima.

A ligação a Ponte de Lima deve-se a ter vivido regularmente na Casa da Cruz da Pedra, na freguesia de , herdada da família paterna.[4]

Quando faleceu, da sua biblioteca privada foram doados cerca de dois mil livros à Biblioteca Municipal de Ponte de Lima.

Foi distinguido com a comenda da Ordem de Afonso X, o Sábio (Orden Civil de Alfonso X el Sabio), da Espanha, e com a comenda da Ordem Suprema Militar do Templo de Jerusalém.[4]

Referências

  1. Alda Anastácio (30 de outubro de 2017). «Ficha histórica:Terra portuguesa : revista ilustrada de arqueologia artística e etnografia (1916-1927)» (pdf). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 13 de dezembro de 2017 
  2. Revista municipal (1939-1973) cópia digital, Hemeroteca Digital
  3. A Carlos de Passos : homenagem dos seus amigos e camaradas. Porto : Editorial Domingos Barreira, 1958.
  4. a b CM de Ponte de Lima : Carlos de Passos.