Abrir menu principal
Carrel Benevides
Replace this image male.png
Carrel Benevides
Vereador OeirasManaus
Período 1977-1987
Deputado federal  Amazonas
Período 1987-1991
Dados pessoais
Nascimento 25 de setembro de 1944 (75 anos)
Manaus, AM
Alma mater Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Partido ARENA, PMDB, PTB
Profissão advogado

Carrel Ypiranga Benevides (Manaus, 25 de setembro de 1944) é um advogado e político brasileiro que foi deputado federal pelo Amazonas. É formado na PUC do Paraná. Advogado sindicalista e vereador de 1977 a 1987 em Manaus. Foi vice-presidente da Câmara Municipal de 1979 e 1980 e presidente em 1985 e 1986. Foi presidente do MDB e do PMDB de Manaus de 1979 a 1983.

BiografiaEditar

Filho de Aron Ypiranga Benevides e de Jayra Benevides. Residiu em Curitiba por dez anos (1985 a 1975) onde se formou em Direito na Pontifícia Universidade Católica do Paraná. De volta ao Amazonas foi advogado de vários sindicatos nas áreas trabalhistas e criminais e em 1976 foi candidato a vereador de Manaus. Em 1977 assumiu uma cadeira na Câmara Municipal, e foi vice-presidente do Poder em 1979 e 80. Reelegeu-se em 1982 e foi presidente em 1985 e 86. Foi também presidente da União dos Vereadores do Amazonas (UVA) e Prefeito interino de Manaus nos anos de 1979 e 1985. Eleito deputado federal em 1986 participou da Assembleia Nacional Constituinte que concebeu a Constituição Cidadã de 1988. Vinte emendas, de sua autoria, foram aprovadas na Carta Magna. No curso do mandato migrou para o PTB e não disputou a reeleição em 1990 e afastou-se da política ao fim do mandato indo residir no Rio de Janeiro. Autor de Histórias da Cidade de Manaus publicada em 1987 e a Justiça dos Irmãos Cohen em 2014. Filho de Aron Ypiranga Benevides e de Jayra Benevides. Residiu em Curitiba por dez anos (1985 a 1975) onde se formou em Direito na Pontifícia Universidade Católica do Paraná. De volta ao Amazonas foi advogado de vários sindicatos nas áreas trabalhistas e criminais e em 1976 foi candidato a vereador de Manaus. Em 1977 assumiu uma cadeira na Câmara Municipal, e foi vice-presidente do Poder em 1979 e 80. Reelegeu-se em 1982 e foi presidente em 1985 e 86. Foi também presidente da União dos Vereadores do Amazonas (UVA) e Prefeito interino de Manaus nos anos de 1979 e 1985. Eleito deputado federal em 1986 participou da Assembleia Nacional Constituinte que concebeu a Constituição Cidadã de 1988. Vinte emendas, de sua autoria, foram aprovadas na Carta Magna. No curso do mandato migrou para o PTB e não disputou a reeleição em 1990 e afastou-se da política ao fim do mandato indo residir no Rio de Janeiro. Autor de Histórias da Cidade de Manaus publicada em 1987 e a Justiça dos Irmãos Cohen em 2014.

Referências