Casa do Vale

Casa do Vale
Casa de la Vall
Tipo Casa senhorial
Estilo dominante Arquitetura popular
Fim da construção 1580
Restauro 1962
Proprietário inicial Família Busquets
Função inicial Mansão
Função atual Sede do Conselho Geral de Andorra
Número de andares 3
Património
Classificação nacional Patrimônio cultural de Andorra
Geografia
País Andorra
Cidade Andorra-a-Velha
Local Rua do Vale
Coordenadas 42° 30' 24" N 1° 31' 14" E

A Casa do Vale (em catalão: Casa de la Vall), é um edifício centenário localizado no centro de Andorra-a-Velha que serve como sede do parlamento andorrano desde sua fundação e serviu de sede do antigo Conselho da Terra.[1][2][3] Desde 2011, foi apenas a sede do Conselho Geral nas sessões tradicionais (constitutiva e sessão de Sant Tomàs). As demais sessões são realizadas no novo prédio parlamentar. Em 2015, a Casa do Vale foi, juntamente com o Museu do Tabaco e o Centro de Arte de Escaldes-Engordany, um dos mais visitados de Andorra. É declarado um monumento patrimônio cultural de Andorra.

HistóriaEditar

A Casa do Vale foi construída com uma torre defensiva em 1580 como uma Mansão da família Busquets com vista para o rio Valira. Em 1702 a casa foi adquirida pelo Conselho da Terra e posteriormente pelo parlamento andorrano, que a utilizou como principal sede até 2011, quando se mudou para o novo prédio parlamentar. Em 1962, a casa sofreu uma grande remodelação, o que melhorou o seu estado de conservação além de proporcionar uma melhor sala de sessões, entre outros aspectos.[2]

DivisõesEditar

ExteriorEditar

No exterior da casa, existe uma praça que permite observar as fachadas do edifício, em tradicional pedra. O telhado é de ardósia e a entrada principal tem aduelas de granito. Na porta principal é possível observar o escudo da família Busquets (uma árvore) e o escudo de armas do Principado de Andorra.[2]

O jardim também conta com esculturas que mostram alguns dos eventos mais importantes da história de Andorra, e onde se pode observar o pombal da torre.[2][3]

InteriorEditar

No interior da Casa do Vale podes-se observar, na sua arquitetura, a sua planta retangular com três galerias, uma estrutura típica dos edifícios rurais da Catalunha. A casa tem 3 andar, um piso térreo, o primeiro andar e o segundo andar.[2][3]

Piso térreoEditar

O piso térreo é destinado à administração da justiça juntamente com o Tribunal Penal, com mobiliário tradicional e decoração de madeira.[2][4]

Primeiro andarEditar

No primeiro andar encontra-se a Sala dos Passos Perdidos (destinada a atividades parlamentares), com pinturas murais que antes se localizavam no gabinete do Sindicato Geral, também na Casa do Vale, destinado a atividades protocolares, e por esse motivo, não pode ser visitado. Também neste andar é possível encontrar a sala de sessões, a sala do Conselho, uma capela e a cozinha, bem como outros elementos simbólicos da casa, por exemplo, o Armário das Sete Chaves, onde se guardam importantes documentos da história de Andorra desde o século XIV, como o Manual Digest.[2][4]

Segundo andarEditar

O segundo andar, também chamado se chefe da casa, era o antigo sótão e foi usado como quarto dos membros do parlamento até ter sido transformado numa sala polivalente para multiusos, como por exemplo, abrigar exposições.[2][4]

ReferênciasEditar

  1. «História — La Casa de La Vall». www.casadelavall.ad. Consultado em 11 de fevereiro de 2020 
  2. a b c d e f g h «Casa de la Vall de Andorra, um monumento imprescindível». Andorra Turismo. Consultado em 11 de fevereiro de 2020 
  3. a b c «Casa de Vall – Casa do Vale». www.turismoemandorra.com. Consultado em 11 de fevereiro de 2020 
  4. a b c «Interior — La Casa de La Vall». www.casadelavall.ad. Consultado em 11 de fevereiro de 2020