Castelo de Benalí

O Castelo de Benalí, também grafado como Castelo de Benialí ou Castelo de Benyalí, localiza-se no município de Aín, na província de Castellón, na comunidade autónoma da Comunidade Valenciana, na Espanha.

Castelo de Benalí, Espanha

HistóriaEditar

Erguido em posição dominante no alto de uma elevação, vizinho ao pico de Espadán, o castelo remonta a uma fortificação de origem muçulmana. Integrou o Alcadiazgo de Eslida.

À época da Reconquista cristã da Península Ibérica, foi tomado pelas forças de Jaime I de Aragão em 1238. O senhorio do castelo e seus domínios foram doados a D. Dionís de Hungría em 1242, tendo pertencido posteriormente à Coroa, à Casa de Xérica, à Casa Ducal de Segorbe e à Casa Ducal de Medinaceli. Durante as revoltas mouriscas do século XVI, Aín foi um foco dos acontecimentos até à completa expulsão dos sublevados.

Actualmente em ruínas, o castelo necessita de urgente intervenção de consolidação das suas estruturas.

CaracterísticasEditar

Castelo de montanha, apresenta planta com formato irregular, com diversos recintos muralhados. Pelo exterior possuía uma torre de vigia, isolada. No interior erguiam-se as diversas dependências e cisternas, destacando-se a torre de menagem, de planta cilíndrica, defendida por um fosso, e acedida por uma ponte levadiça.

O castelo possui uma inscrição em língua árabe.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Castelo de Benalí