Castilho

município brasileiro do estado de São Paulo
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Castilho (desambiguação).
Estância Turística de Castilho
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Estância Turística de Castilho
Bandeira
Brasão de armas de Estância Turística de Castilho
Brasão de armas
Hino
Lema Eripuit Coelo Fulmen
"E arrebatou o raio do céu"
Apelido(s) "Paraíso do Pescador"
Gentílico castilhense
Localização
Localização da Estância Turística de Castilho em São Paulo
Localização da Estância Turística de Castilho em São Paulo
Estância Turística de Castilho está localizado em: Brasil
Estância Turística de Castilho
Localização da Estância Turística de Castilho no Brasil
Mapa da Estância Turística de Castilho
Coordenadas 20° 52' 19" S 51° 29' 16" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Região intermediária[1] Araçatuba
Região imediata[1] Andradina
Municípios limítrofes Andradina (L), Itapura (N), Nova Independência (S), Paulicéia (S), São João do Pau d'Alho (S), Três Lagoas-MS (O)
Distância até a capital 642 km[2]
História
Fundação 10 de agosto de 1934 (85 anos)
Emancipação 30 de dezembro de 1953 (66 anos)
Aniversário 10 de agosto de 1953 (66 anos)
Administração
Prefeito(a) Aparecida de Fátima Gavioli Nascimento (DEM, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [3] 1 062,653 km²
População total (Censo IBGE/2019[4]) 21 006 hab.
Densidade 19,8 hab./km²
Clima Não disponível
Altitude 365 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 16920-000
Indicadores
IDH (PNUD/2000[5]) 0,76 alto
PIB (IBGE/2008[6]) R$ 577 807,703 mil
PIB per capita (IBGE/2008[6]) R$ 35 969,11
Outras informações
Padroeiro(a) São José
Website http://www.castilhoonline.com.br/ (Prefeitura)
http://camaracastilho.sp.gov.br/ (Câmara)

Castilho é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 20º52'20" sul e a uma longitude 51º29'15" oeste, estando a uma altitude de 365 metros. Sua população estimada em 2019 era de 21 006 habitantes.

Possui uma área de 1062,6 km², sendo o 31º maior município do estado de São Paulo.

Castilho também possui o terceiro maior território da Região Administrativa de Araçatuba.

A cidade recebeu em abril de 2012, o certificado de Município Verde Azul,[7] pela adesão ao programa homônimo, lançado em 2007 pela Secretaria do Meio Ambiente do Governo do estado de São Paulo.[8]

HistóriaEditar

Castilho recebeu status de município pela lei estadual nº 2456, de 30 de dezembro de 1953, com território desmembrado do município de Andradina.[9]

Em 1934, Armel de Miranda veio para esta região, conseguindo através da família Ferreira Brito, a doação de um terreno para formar o Patrimônio. Outros povoadores aí se fixaram abrindo pequenas lavouras. Nessa época, chegou à povoação, então conhecida por Vila Cauê, o engenheiro da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, o Senhor Alfredo Castilho, chefe dos trabalhadores que implantavam a ferrovia na região, ligando os Estados de São Paulo e Mato Grosso, cortando o rio Paraná. Em 1937, os trilhos já tinham sido implantados, assim como a estação denominada de Alfredo Castilho, ao lado da qual se formou a povoação que teve importante função comercial na integração da ferrovia com a navegação do rio Paraná. Novos contigentes de povoadores vieram se fixar aumentando o patrimônio e lavouras da região, dedicadas às culturas de algodão, milho, arroz, feijão e amendoim.

Em 1944, a povoação passou a denominar-se CASTILHO. A grande fase de desenvolvimento da comunidade iniciou-se somente por volta de 1965 com os serviços de terraplanagem e construção da Usina de Jupiá, atual Engenheiro Souza Dias, integrante do complexo de Urubupungá, inaugurado em 1969. O represamento das águas do rio Paraná evitou as constantes inundações das terras cultivadas, aliando ainda, a irrigação destas, propiciando altas produções agrícolas. 

Formação administrativaEditar

Distrito criado com a denominação de Castilho, por Decreto-lei nº 14334, de 30 de novembro de 1944, no município de Andradina com terras desmembradas do Distrito da sede do município de Andradina. No quadro fixado, pelo referido Decreto-lei, para vigorar em 1945-1948, o Distrito de Castilho figura no município de Andradina. Assim como no fixado pela Lei Estadual nº 233, de 24 de dezembro de 1948 para vigorar em 1949-1953.

Elevado à categoria de Município com a denominação de Castilho, por Lei Estadual nº 2456, de 30 de dezembro de1953, desmembrado de Andradina. Constituído do Distrito Sede. Sua Instalação verificou-se no dia 1 de janeiro de 1955. Fixado o quadro territorial para vigorar no período de 1954-1958, o município é formado do Distrito Sede. Em divisão territorial datada de 1 de julho de 1960, o município é constituído do Distrito Sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15 de julho de 1997. 

GeografiaEditar

HidrografiaEditar

RodoviasEditar

DemografiaEditar

  • Dados do Censo - 2000
  • População Total: 14.948
  • Urbana: 11.959
  • Rural: 2.989
  • Homens: 7.470
  • Mulheres: 7.478
  • Densidade demográfica (hab./km²): 14,07
  • Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 13,92
  • Expectativa de vida (anos): 72,29
  • Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 1,89
  • Taxa de Alfabetização: 85,09%
  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,760
  • IDH-M Renda: 0,648
  • IDH-M Longevidade: 0,788
  • IDH-M Educação: 0,844

(Fonte: IPEADATA)

ComunicaçõesEditar

A cidade foi atendida pela Companhia de Telecomunicações do Estado de São Paulo (COTESP) até 1975, quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[10], que construiu em 1981 a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica, sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo para suas operações de telefonia fixa[11][12][13].

AdministraçãoEditar

Prefeito (2017–2020): Aparecida de Fatima Gavioli Nascimento (DEM).[4]

Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  2. «Distâncias entre a cidade de São Paulo e todas as cidades do interior paulista». Consultado em 28 de janeiro de 2011 
  3. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. a b «Estimativa Populacional 2019». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1.º de julho de 2019. Consultado em 30 de agosto de 2019 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  7. «Castilho ganha certificado do Programa Município Verde Azul»  - Prefeitura Municipal de Castilho, 4 de abril de 2012
  8. «Programa Município VerdeAzul»  Secretaria do Meio Ambiente do estado de São Paulo
  9. «Castilho São Paulo - SP Histórico» (PDF). IBGE. 14 de outubro de 2010. Consultado em 4 de junho de 2013 
  10. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  11. «Telesp vai servir mais 86 cidades do estado». Acervo Folha de S.Paulo 
  12. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  13. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre municípios do estado de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.