Catolicismo independente

Catolicismo independente é um movimento de clérigos e leigos que se identificam como católicos (e algumas vezes católicos independentes) e formam "micro-igrejas que reivindicam a sucessão apostólica e sacramentos válidos",[1]:86 apesar de não serem afiliados às igrejas católicas históricas, como a Igreja Católica Romana ou a Velha Igreja Católica.[2]:6-7 É difícil determinar o número de jurisdições, comunidades, clero e membros que compõem o catolicismo independente,[3] particularmente porque o movimento "está crescendo e mudando a cada momento";[4] muitas dessas comunidades têm vida curta, muitas vezes mudam de nome ou reformam-se.[2]:7

Alguns parecem escolher o catolicismo independente como uma forma alternativa de viver e expressar sua fé católica fora da Igreja Católica Romana (com cujas estruturas, crenças e práticas o catolicismo independente frequentemente se alinha intimamente), enquanto rejeitam alguns ensinamentos católicos tradicionais.[2]:197-199

O catolicismo independente pode ser considerado parte de um movimento sacramental independente maior, no qual clérigos e leigos de várias tradições religiosas - incluindo a Igreja Ortodoxa, a Comunhão Anglicana e várias igrejas cristãs não católicas - se separaram das instituições com as quais anteriormente tinham se identificado. Dentro do movimento sacramental independente, várias igrejas independentes surgiram da Igreja Ortodoxa Oriental, mas os membros desses grupos ortodoxos independentes geralmente se identificam como ortodoxos independentes e não como católicos independentes.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Plummer, John P. (2004). The Many Paths of the Independent Sacramental Movement. Berkeley, CA: The Apocryphile Press. ISBN 0-9771461-2-X 
  2. a b c Jarvis, Edward (2018). God, Land & Freedom: the true story of ICAB. Berkeley, CA: The Apocryphile Press. ISBN 9781947826908 
  3. Plummer, p. 3.
  4. Plummer, p. 5.

BibliografiaEditar