Abrir menu principal
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre alguém que morreu recentemente. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (editado pela última vez em 19 de maio de 2019) Twemoji 1f464.svg
Cecilia Thompson
Nascimento 29 de junho de 1936
São Paulo
Morte 18 de abril de 2019 (82 anos)
São Paulo
Ocupação Jornalista, escritora, tradutora, autora e atriz.
Cônjuge(s) Gianfrancesco Guarnieri (1958–1965)
Filho(s) Flávio e Paulo Guarnieri
Nacionalidade brasileira
Atividade 1958 – 2019

Cecilia Thompson (São Paulo, 29 de junho de 1936São Paulo, 18 de abril de 2019)[1] foi uma jornalista, escritora, tradutora, autora e atriz brasileira.

Índice

BiografiaEditar

Filha do casal Expedito Frederico Thompson e Paula Riether, Cecilia nasceu em São Paulo. Formou-se em Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Foi no Teatro de Arena que conheceu o ator Gianfrancesco Guarnieri, com quem se casaria em 19 de maio de 1958.[2] Desse casamento nasceram os atores Flávio e Paulo Guarnieri. Separaram-se em junho de 1965.[3]

Vida profissionalEditar

Em 1958, Cecilia participou do filme O Grande Momento.[4] Durante 15 anos esteve à frente das colunas "São Paulo Reclama"[5] e "Seus Direitos", no jornal O Estado de S. Paulo.[6] Faz parte do conselho editorial do Pedaço da Vila desde as primeiras edições e escreve a coluna "Vila Reclama", ajudando os moradores a resolverem uma série de problemas do bairro.[7]

Traduziu livros como Grito Calado, Atrás das Grades, de Yamila Salerno, e Os Forjadores do Mundo Moderno (junto com João Neves dos Santos e Leôncio M. Rodrigues Neto), de Louis Untermeyer, publicado em 1964.[8] Cecilia foi uma das leitoras que tiveram cartas censuradas na revista Veja durante a ditadura — sua carta continha referências à própria censura.[9]

Cecilia morreu em São Paulo, em 2019, aos 82 anos, de causa não divulgada.[1]

Referências

  1. a b «Jornalista Cecilia Thompson morre em São Paulo aos 82 anos». G1. Consultado em 18 de abril de 2019 
  2. Entrevista de Flávio Guarnieri Jornal Pedaço da Vila. (Junho, 2011).
  3. Morre o ator e dramaturgo-Gianfrancesco Guarnieri Estadão. (Julho, 2006).
  4. O GRANDE MOMENTO Cinemateca Brasileira.
  5. "São Paulo Reclama", O Estado de S. Paulo, 7/2/2008, pág. C2
  6. Cecília Thompson
  7. Vilamarianesca Jornal Pedaço da Vila. (Novembro, 2008).
  8. As opiniões de Henry Ford CMI Brasil. (Janeiro, 2005).
  9. Maria Fernanda Lopes Almeida, Veja sob Censura, Jaboticaba, São Paulo, s008, págs. 288 e 325

Ligações externasEditar