Abrir menu principal

Centro (Pinhais)

bairro do Pinhais
Centro
  Bairro do Brasil  
EdificiosPinhaisPR.JPG
Centro-pinhais-pr.svg
Município Pinhais
Fonte: Não disponível

Centro refere-se a um bairro oficialmente presente na subdivisão atual do Município de Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, Paraná. Não-oficialmente, é dividido em quatro vilas: Pedro Demeterco, Progresso, Tarumã (apenas uma parte) e Varginha.

Contexto históricoEditar

Além de possuir grande importância economicamente para o município, o Centro de Pinhais é importante por ter sido o palco do contexto histórico da cidade. A Estação Ferroviária de Pinhais, criada em 1885 e que fica em um bairro delimitado ao centro atualmente, foi o principal fator para o início de habitação na região, pois com esta obra e a ferrovia chegaram também os funcionários responsáveis pela manutenção. A abertura da via férrea ligando a Curitiba significou um avanço de suma importância para a economia do estado. A via de acesso para o escoamento da produção da capital e das regiões vizinhas facilitou e fomentou o surgimento de novos empreendimentos econômicos. Assim, em 1898 tiveram início os trabalhos da cerâmica da família Torres, que foi instalada na região bem próxima à linha férrea.[1] A Indústria Cerâmica foi o primeiro sinal de desenvolvimento na região do município, que foi comprada por Guilherme Weiss.[2] Eleonor Adelaida Weiss, filha de Weiss e seu noivo chamado Humberto Scarpa, fundaram uma Igreja Católica que está edificada até hoje, conhecida como Igreja Nossa Senhora da Boa Esperança.[3] Quando Pinhais foi elevado à condição de município, a região do atual Centro foi dividida em três pequenas vilas, não-oficialmente pela população: Pedro Demeterco, Tarumã e Varginha, que até hoje, são meios de uma localização mais específica no bairro.

Aspectos geográficosEditar

Sua localização específica do Centro dentro de Pinhais é muito complexa, pois as ruas que o delimitam com os outros bairros mudam de posição ou até mesmo mudam o rumo com ruas paralelas. Longitudinalmente de leste para oeste, o bairro estende-se desde as ruas Etiópia e Cairo até as avenidas Jacob Macanhan, Maringá e rua 24 de Maio. Latitudinalmente de norte a sul, desde as ruas Benevenuto Rattman, Rosa Macarini e Av. Salgado Filho até a Avenida Ayrton Senna da Silva.[4] Geograficamente, o bairro está localizado na região sudoeste do município, limitando-se com os bairros Emiliano Perneta, Estância Pinhais, Pineville, Vargem Grande e Weissópolis.

Em alguns pontos do seu território é possível notar bruscas inclinações, que se formam a leste e variam de 930 a 870 metros de altura em relação ao nível do mar.[5] Nas partes mais altas é possível ter uma visão panorâmica ampla de Pinhais, bem como da Serra do Mar e dos municípios Piraquara e São José dos Pinhais. Estas inclinações são encontradas a leste da Av. Jacob Macanhan e da Av. Camilo di Léllis, bem como na Rodovia Deputado João Leopoldo Jacomel, locais onde são encontrados a Câmara Municipal e o Terminal Rodoviário.

Grande parte de sua vegetação está extinta devido ao processo de urbanização; por causa disso, as árvores araucárias (símbolo municipal e estadual) não se encontram concentradas e sim individualizadas em diferentes pontos do bairro. A maior concentração de vegetação araucária no bairro encontra-se nas redondezas da Av. Nossa Senhora da Boa Esperança e na Av. Ayrton Senna da Silva. Grande parte da vegetação são os campos naturais, enquadrada como estepe gramíneo-lenhosa, distribuindo-se pela região das araucárias, onde as gramíneas são predominantes e a parte lenhosa é representada por capões e matas de galeria.[5]

FormaçãoEditar

  • Pedro Demeterco. Está localizado ao noroeste do bairro Centro. Longitudinalmente de leste a oeste, situa-se entre a Av. Jacob Macanhan e a Av. Maringá. Latitudinalmente de norte a sul, desde as ruas Benevenuto Rattman e Rosa Macarini até a Rodovia Deputado João Leopoldo Jacomel.
  • Progresso. Situa-se na região nordeste do bairro Centro. Longitudinalmente de leste a oeste, localiza-se desde a rua Etiópia até a Av. Jacob Macanhan. Latitudinalmente de norte a sul, desda a rua Salgado Filho até a Rodovia Deputado João Leopoldo Jacomel. É um dos locais do bairro que sofrem com a brusca mudança de altitude, em ruas muito verticalizadas.
  • Tarumã. A vila está situada na região sudoeste do bairro e apenas uma parte dela é referida ao centro. Longitudinalmente de leste a oeste, é encontrada desda a Av. Camilo di Léllis até a rua 24 de Maio. Latitudinalmente de norte a sul, desde a Rodovia Deputado João Leopoldo Jacomel até a Av. Ayrton Senna da Silva. Nesta região encontra-se o Hospital e Maternidade Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, hospital público e de propriedade da prefeitura.
  • Varginha. Situa-se na região sudeste do bairro Centro. Longitudinalmente de leste a oeste, a vila é encontrada desde a rua Cairo até a Av. Camilo di Léllis. Latitudinalmente de norte a sul, desde a Rodovia Deputado João Leopoldo Jacomel até a Av. Ayrton Senna da Silva.

Órgãos públicosEditar

O Centro possui ao todo dezessete órgãos públicos, sendo que deles dois são escolas municipais, um é colégio estadual e os quatorze restantes prédios públicos da prefeitura ou de outros poderes.[6]

  • Escola Municipal Clementina Cruz
  • Escola Municipal Maria Chalcoski
  • Colégio Estadual Deputado Arnaldo Faivro Busato
  • Administração Municipal
  • Câmara Municipal
  • Centro de Apoio Psicossocial (CAPS)
  • Centro de Testagem e Aconselhamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis (CTA/DST)
  • Fórum Civil e Criminal
  • Fórum Eleitoral
  • Fórum Municipal da Vara de Família
  • Informática
  • Secretaria do Meio Ambiente
  • Secretaria Municipal de Ação Social
  • Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA)
  • Secretaria Municipal de Urbanismo e Tributação
  • Sede Administrativa da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA)
  • Unidade de Saúde 24 Horas

ReferênciasEditar

  1. «A formação do povoado». Prefeitura do Município de Pinhais. Consultado em 22 de novembro de 2009 
  2. «A Cerâmica». Prefeitura do Município de Pinhais. Consultado em 22 de novembro de 2009 
  3. «As manifestações Religiosas». Prefeitura do Município de Pinhais. Consultado em 22 de novembro de 2009 
  4. «Guia de Ruas» (PDF). Prefeitura do Município de Pinhais. Consultado em 22 de novembro de 2009 
  5. a b Miria F. de Assis Chepak. «Atlas Geográfico do Município de Pinhais» (PDF/Adobe Acrobat). Dia-a-dia Educação. Consultado em 20 de novembro de 2009 
  6. «Bairros com equipamentos públicos» (PDF). Prefeitura do Município de Pinhais. Consultado em 23 de novembro de 2009