Abrir menu principal
Charles Greene
campeão olímpico
Atletismo
Modalidade 100 m
Nascimento 21 de março de 1944 (75 anos)
Pine Bluff, Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Cidade do México 1968 4x100 m
Bronze Cidade do México 1968 100 m

Charles Edward Greene (Pine Bluff, 21 de março de 1944) é um ex-atleta e campeão olímpico norte-americano.

Aos 20 anos, era considerado candidato à medalha nos 100 m rasos de Tóquio 1964, mas uma contratura muscular durante a corrida o fez chegar apenas em sexto lugar. Dois anos depois, em 1966, ele venceu os 100 m da Amateur Athletics Union, o que repetiu em 1968, quando por duas vezes igualou o recorde mundial, na primeira bateria eliminatória com 10s0 e na sua semifinal, com 9s9, o mesmo tempo feito por dois velocistas na outra semifinal. Esta noite em que três velocistas americanos igualaram o recorde mundial dos 100 m ficou conhecida entre os historiadores do atletismo como "A Noite da Velocidade".[1]

Na Cidade do México 1968, disputou a final dos 100 m e ficou em terceiro lugar. Nesta prova, seu compatriota Jim Hines foi o primeiro homem a correr os 100 m abaixo de 10s – 9s95 – numa prova com cronometragem eletrônica.[2] A medalha de ouro veio no revezamento 4x100 m, junto com Hines, Melvin Pender e Ronnie Ray Smith, que venceu a prova estabelecendo novo recorde mundial – 38s24.[3]

Depois de encerrar a carreira entrou para o Exército, onde tornou-se oficial e depois técnico de velocistas na Academia Militar de West Point até se retirar da ativa com a patente de major. Tornou-se posteriormente diretor da organização Special Olympics e ainda é ativo no mundo do atletismo e dos esportes em geral.[4]

Veja tambémEditar

Referências

  1. «The Night of Speed». Sports Memorabilia. Consultado em 15 de agosto de 2015 
  2. «Athletics at the 1968 Ciudad de México Summer Games: Men's 100 metres» (em Sportsreference). Consultado em 15 de agosto de 2015 
  3. «Athletics at the 1968 Ciudad de México Summer Games: Men's 4 × 100 metres Relay». Sportsreference. Consultado em 15 de agosto de 2015 
  4. «Charles Greene». USATF. Consultado em 15 de agosto de 2015