Abrir menu principal

Chi si ferma è perduto

filme de 1960 dirigido por Sergio Corbucci
Chi si ferma è perduto
Totó Torce o Pepino (PRT)
Enzo Petito,Peppino De Filippo e Totò em uma cena do filme
 Itália
1960 •  pb •  103 min 
Realização Sergio Corbucci
Argumento Bruno Corbucci, Giovanni Grimaldi, Mario Guerra, Luciano Martino, Dino De Palma
Elenco Totò, Peppino De Filippo
Género comédia
Idioma italiano
Página no IMDb (em inglês)

Totó Torce o Pepino (Chi si ferma è perduto) é um filme italiano de 1960[1], dirigido por Sergio Corbucci.

Estreou em Portugal a 31 de Janeiro de 1963.

SinopseEditar

Antonio Guardalavecchia e Giuseppe (Peppino) Colabona são dois funcionários que trabalham na mesma empresa há muitos anos, além de serem amigos desde a infância. Esperam ambos ser promovidos, mas contra isso está o seu chefe Santoro (Luigi Pavese). Um dia este morre e os dois amigos tornam-se inimigos, na ânsia de ocuparem o posto do falecido.

ElencoEditar

Referências

Ligações ExternasEditar


  Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.