Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Chibé ou Jacuba[1] é uma bebida brasileira típica da culinária tupi É uma bebida com um gosto levemente ácido. É feito misturando de farinha de mandioca e água. Os grãos de farinha incham (tufam), resultando em uma textura semelhante a fubá (porém mais liquido, igual a mingau). Pode ser acompanhado de sal, pimenta ou outros temperos salgados à gosto.[2]

EtimologiaEditar

A origem da palavra é controversa.[3] Alfredo da Mata, em seu Vocabulário da Região Amazônica (Manaus, 1937/1938), define que Chibé é originária vocábulo tupi, composto de Xe (eu, meu) e Ibe ou Tibe (caldo). Já Ermano Stradelli[4] registra o vocábulo Cimé, Cimé-Ciré, e, ainda esclarece que se trata de: "Bebida feita com água, em que foi desmanchada e deixada tufar um pouco de farinha de mandioca. É bebida refrescante e, se não se limita a beber somente a água, que toma um gosto levemente acidulado, mas, remexendo-a com os dedos, enquanto se bebe, ingere-se também a farinha molhada, igualmente substancial.".

Referências

  1. http://pagina20.uol.com.br/04072004/opiniao.htm[ligação inativa]
  2. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-77011998000100004
  3. «Cópia arquivada». Consultado em 18 de abril de 2011. Arquivado do original em 18 de março de 2004 
  4. Stradelli, Ermano: Vocabulário da Língua Geral, Português-Nheengatu e Nheengatu-Português, precedidos de um esboço de gramática Nheengatu - Umbuê-Sáua Miri, e seguidos de contos em língua geral. - Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro - Rio de Janeiro, 1929.