Abrir menu principal


Colônia da Coroa de Chipre
(após 1922)

Protetorado britânico (1878-1914)
Ocupação militar britânica (1914–1922)
Colônia da Coroa Britânica (1922–1960)

Ottoman flag.svg
1878 – 1960 Flag of Cyprus (1960).svg
 
Flag of the United Kingdom.svg

Bandeira de Chipre

Bandeira (1922–1960)

Localização de Chipre
Chipre na década de 1930. Chipre em verde escuro e Reino Unido em cinza escuro.
Continente Europa
País Chipre
Capital Nicósia
Governo Colônia da coroa
Monarca
 • 1878–1901 Vitória, primeira Protector
 • 1910–1936 George V, primeiro Sovereign
 • 1952–1960 Elizabeth II, última
Alto-Comissário/Governador
 • 1878-1879 Garnet Wolseley, primeiro Alto-Comissário
 • 1918-1926 Malcolm Stevenson, primeiro Governador
 • 1957–1960 Hugh Mackintosh Foot, último Governador
História
 • 4 de Junho de 1878 Protetorado estabelecido
 • 16 de Agosto de 1960 Independência
Atualmente parte de  Chipre
República Turca de Chipre do Norte Chipre do Norte (Estado não reconhecido)
 Reino Unido
-Bases Britânicas Soberanas Acrotíri e Deceleia

O Chipre foi parte do Império Britânico como protetorado (1878 a 1912), uma ocupação militar anexada unilateralmente (entre 1914 e 1922), e uma colônia da coroa (de 1922 a 1960).[1] Chipre tornou-se independente em 1960.[2][3]

HistóriaEditar

FormaçãoEditar

Chipre foi um território do Império Otomano, por último, como parte do Vilaiete do Arquipélago, uma vez que foi conquistado da República de Veneza em 1570-1571.

Um protetorado britânico sob a suserania otomana foi estabelecido sobre Chipre pela Convenção de Chipre de 4 de junho de 1878 após a Guerra Russo-Turca, em que os britânicos ocuparam a ilha como consequência das ações do Império Otomano durante todo o período da guerra. Chipre seria, então, proclamado um protetorado britânico e foi integrado no Império Britânico.[4] Este permaneceria em vigor até novembro de 1914, quando, após os otomanos se juntarem às Potências Centrais, entraram na Primeira Guerra Mundial, a Grã-Bretanha declarou a anexação completa de Chipre dentro do Império Britânico, embora sob um estatuto administração militar. A colônia britânica de Chipre foi proclamada uma década depois, em 1925, após a anexação britânica de Chipre ser verificada duas vezes, primeiro no Tratado de Sèvres em 1920, e em seguida, confirmada mais uma vez no Tratado de Lausanne em 1923.[5]

Proposta de união com a GréciaEditar

O Rei Paulo da Grécia declarou que Chipre pretendia a união com a Grécia em 1948. Um referendo foi apresentado pela Igreja Ortodoxa de Chipre em 1950, segundo a qual cerca de 97% da população greco-cipriota desejava a união. A petição grega e a Enosis tornaram-se um problema internacional quando foi aceita pelas Nações Unidas.[6]

Emergência de ChipreEditar

 Ver artigo principal: Emergência de Chipre

A Emergência de Chipre foi uma ação militar ocorrida em Chipre de 1955 a 1959, consistindo principalmente por uma campanha armada pelo grupo militar greco-cipriota EOKA para remover os britânicos de Chipre para que este pudesse ser unificado com a Grécia.[2]

IndependênciaEditar

Assinado em 19 de fevereiro de 1959, os Acordos de Londres e Zurique iniciaram o processo para a constituição de um Chipre independente. O Reino Unido concedeu a independência a Chipre através de referendo em 16 de agosto de 1960, formando a República de Chipre.[3] O Arcebispo Makarios III, um líder religioso e político carismático, foi eleito o primeiro presidente de Chipre independente. Em 1961, a República de Chipre tornou-se o 99º membro da Organização das Nações Unidas.[6]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Cyprus History: British Period». cypnet.co.uk (em inglês). Cyprus History. Consultado em 24 de novembro de 2018 
  2. a b «Cyprus profile». BBC News (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2016 
  3. a b «Cyprus History: 1960 Republic of Cyprus». cypnet.co.uk (em inglês). Cyprus History. Consultado em 24 de novembro de 2018 
  4. «Cyprus - BRITISH RULE». countrystudies.us (em inglês). Country Studies - U.S. Library of Congress. Consultado em 18 de janeiro de 2016 
  5. «Cyprus - British Annexation». countrystudies.us (em inglês). Country Studies. Consultado em 18 de janeiro de 2016 
  6. a b «30. British Cyprus (1914-1960)». uca.edu (em inglês). University of Central Arkansas - Political Science. Consultado em 24 de novembro de 2018 

Ligações externasEditar