Cirrocumulus

Cirro-cúmulos ou, em latim, cirrocumulus são nuvens delgadas, compostas de elementos muito pequenos em forma de grânulos e rugas. Indicam base de corrente de jato e turbulência. Com altitude de 6.000 a 10.000 metros.[1]

Cirrocumulus floccus
Mapa das nuvens. Nuvem Cirrocumulus são abreviadas como CC.

Os cirrocumulus são cirrus com algum desenvolvimento vertical. São nuvens muito finas, com uma textura regular (com um efeito ondulado com a aparência de escamas de peixe) formada por elementos pequenos (de largura aparente menor de 1º) com a forma de pontos, retalhos ou camadas.

Formam-se em massas de ar com alguma instabilidade, quando a humidade e a temperatura são relativamente baixas. Confundem-se, por vezes, com os altocumulus mas distinguem-se deles porque têm uma massa individual menor e não têm sombras, mostrando que estão a altitudes muito elevadas. É o tipo de nuvem menos comum e forma-se geralmente a partir de cirrus ou cirrostratus.

TiposEditar

Tipos de nuvens Cirrocumulus:

FotosEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. Infopédia. «Cirro-cúmulo». Consultado em 17 de outubro de 2014 

Ligações externasEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Categoria no Commons