Ciudad de pobres corazones

Ciudad de Pobres Corazones
Álbum de estúdio de Fito Páez
Lançamento 1987
Gênero(s) Rock
Duração 44:01
Idioma(s) Espanhol
Formato(s) CD
Gravadora(s) EMI Music
Produção Fito Páez
Cronologia de Fito Páez
La La La (com Luis Alberto Spinetta)
(1986)
Ey!
(1988)

Ciudad de Pobres Corazones é o quinto álbum do roqueiro argentino Fito Páez[1]. Foi lançado em 1987, sob o selo EMI.

Trata-se de um álbum de estilo violento, com melodias pop / rock bastante pesadas e letras carregadas de impotência e fúria. Canções como "De 1920" e "Cidade dos pobres corações" descrevem poeticamente os sentimentos de raiva do autor. É popularmente conhecido como o álbum mais raivoso e obscuro da carreira do Páez[2]. Junto com o álbum, videoclipes de quase todas as faixas foram filmados como capítulos que juntos formavam um filme de média metragem. A história é centrada em uma caixa que é roubada sucessivamente, enquanto Fito toca as músicas do álbum. No filme aparecem diferentes personagens escuros e misteriosos que se matam para pegar a pequena caixa, que é inicialmente roubada do camarim de Páez.

Uma curiosidade sobre este álbum é que a canção Track Track foi gravada, em português, pelo grupo Os Paralamas do Sucesso no cd ao vivo Vamo Batê Lata, de 1995.

Prêmios e HonrariasEditar

FaixasEditar

N.º Título Duração
1. "Pompa Bye Bye"   1:23
2. "De Mil Novecientos Veinte"   3:23
3. "A las piedras de Belén"   3:39
4. "Fuga en tabú"   5:36
5. "Gente sin swing"   4:00
6. "Nada más preciado"   4:15
7. "Ciudad de Pobres Corazones"   5:00
8. "Ámbar violeta"   2:30
9. "Bailando hasta que se vaya la noche"   4:06
10. "Dando vueltas en el aire"   4:20
11. "Track Track"   4:45
Duração total:
44:01

MúsicosEditar

Músicos convidadosEditar

  • Andrés Calamaro: coros em "De Mil Novecientos Veinte", "Nada más preciado" e "Bailando hasta que se vaya la noche"
  • Fabiana Cantilo: coros em "De Mil Novecientos Veinte", "Nada más preciado" e "Bailando hasta que se vaya la noche", voz solista en "Nada más preciado" e em "Track track "
  • Gabriel Carámbula: guitarra solo em "Dando vueltas en el aire"
  • Osvaldo Fattoruso: percussão em "De Mil Novecientos Veinte", "A las piedras de Belén", "Nada más preciado", "Bailando hasta que se vaya la noche" e "Dando vueltas en el aire"
  • Pablo Rodríguez: saxofone em "Fuga en Tabú", "Bailando hasta que se vaya la noche" e "Dando vueltas en el aire"

Vendas e CertificaçõesEditar

Ano Órgão Certificação/Vendas Vendas
1992   CAPIF   ouro[6] 50,000 +[7]

Referências

  1. «Fito Paez cuenta cómo creó "Ciudad de pobres corazones" | TM Play». TM Play (em espanhol). 25 de mayo de 2017. Consultado em 11 de septiembre de 2017. Cópia arquivada em |arquivourl= requer |arquivodata= (ajuda) 🔗  Parâmetro desconhecido |fechaarchivo= ignorado (|arquivodata=) sugerido (ajuda); Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  2. Del amor adolescente a la ciudad de pobres corazones, por Claudio Kleiman 16-04-2005, Página/12
  3. «argentinidad.com». Consultado em 3 de outubro de 2012. Arquivado do original em 17 de novembro de 2011 
  4. «rock.com.ar». Consultado em 3 de outubro de 2012. Arquivado do original em 23 de setembro de 2012 
  5. «100 Mejores Discos del Rock Nacional». Rolling Stone. 2007 
  6. «Discos de oro y platino» (em espanhol). Cámara Argentina de Productores de Fonogramas y Videogramas. Consultado em 8 de março de 2013. Arquivado do original em 6 de julho de 2011 
  7. capif.org.ar/ Discos de Oro y Platino